Página Inicial / Noticias / POLÍCIA MILITAR CAPTURA FILHOTE DE JAGUATIRICA PRÓXIMO A UMA PRAÇA EM ITAMBÉ

POLÍCIA MILITAR CAPTURA FILHOTE DE JAGUATIRICA PRÓXIMO A UMA PRAÇA EM ITAMBÉ

Compartilhe em sua Rede Social
Por volta das 18:30h, de
ontem (28), a Polícia Militar recebeu ligação informando que nas proximidades
da Praça Cassilandinha, havia uma jaguatirica passando por aquelas ruas. Meios desconfiados,
a Guarnição composta pelos Soldados; João Roque, Prado e Everaldo foram tirar a
limpo essa informação.

Não precisou muita
procura, e foi confirmado que em plena zona urbana de Itambé tinha uma
jaguatirica passeando em vias públicas. Depois de muito corre corre, finalmente
os PMs conseguiram capturar o felino, que está alimentado e protegido no 3º
pelotão de Itambé.
Até agora não se sabe
como este filhote veio parar na cidade, já que, não se tem registro de ter
visto um animal com este, tão próximo da Zona Urbana de Itambé, muito menos
passeando em uma Praça.   
O felino será conduzido para
o IBAMA de Vitória da Conquista, passará por triagem e provavelmente devolvido
a natureza.
Conhecendo a Jaguatirica:
Jaguatirica, ocelote ou
gato-do-mato é um felino cujo nome científico é Leopardus pardalis,
originariamente encontrado na Mata Atlântica e outras matas brasileiras.
Distribuída por toda a América Latina, é encontrada também no sul dos Estados
Unidos.
De hábitos noturnos,
passa a maior parte do dia dormindo nos galhos das árvores ou escondido entre a
vegetação. Possuem hábito solitário, só procuram um parceiro na hora do
acasalamento. As fêmeas têm de um a quatro filhotes a cada gestação. Supõe-se
que se reproduzem a cada dois anos. O período de gestação varia de 70 a 95
dias. As fêmeas chegam à idade adulta em um ano e meio, os machos aos dois
anos.
Em cativeiro estima-se
que viva cerca de 20 anos, mas é possível que viva menos na natureza. Alimenta-se
de mamíferos pequenos e médios, como roedores, macacos, morcegos e outros. Come
também lagartos, cobras e ovos de tartarugas, Caça aves, e alguns são bons
pescadores. A jaguatirica mede entre 65 cm e um metro de comprimento, fora a
cauda, que pode chegar a 45 cm. Pesa entre 8 e 16 kg. Também é chamado
onça-pintada, no entanto a onça (Panthera onça) é maior, podendo atingir 2,10m.
No Brasil, ocorre na Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica e Pantanal e Caatinga.

O termo
“jaguatirica” tem origem na língua tupi, através da junção dos termos
îagûara (“onça”) e tyryk (“escapulir”), significando,
portanto, “onça que escapole”4 . Já o termo “ocelote”
provém do termo nauatle ocelotl, que significa “onça”.
 Veja tambem:

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

DPT é acionado para periciar feto de 6 meses dentro de residência em Itambé

Compartilhe em sua Rede Social  Por volta de 10:00h de hoje, (20), a Guarda Municipal …

Um comentário

  1. Agradeço as pessoas do local que ligaram para o 190 e que tiveram o cuidado de não machucarem o felino e entregar para a PM para ser entregue ao IBAMA em Conquista sendo posteriormente devolvida a natureza!Prado