Página Inicial / Entretenimento / 34ª, a rodada crucial do Brasileirão

34ª, a rodada crucial do Brasileirão

Compartilhe em sua Rede Social

itambagora

O líder Palmeiras joga em casa, às 17h de domingo, contra o Internacional. Já saberá os resultados de Flamengo x Botafogo, que jogam no sábado, e de Ponte Preta x Santos, bizarramente remarcado em cima da hora pela CBF, de sábado à noite para domingo, às 11h. O Atlético-MG encara o Coritiba, às 19h30 de domingo, no Couto Pereira. A rodada número 34 será crucial na luta pelo título. Se o Alviverde mantiver ou aumentar sua vantagem de cinco pontos, a definição do título ficará encaminhada.

Parece óbvio, mas é importante olhar o que vem depois e os efeitos psicológicos sobre os envolvidos na briga pelo título após os resultados do fim de semana. Se a próxima rodada, de certa forma, é “boa” para o líder, que joga em casa enquanto que o Fla tem um clássico e Peixe e Galo jogam fora, a seguinte é moleza para dois concorrentes e duríssima para o Palmeiras. Atlético-MG e Verdão se enfrentarão em Minas, o Flamengo pega o América-MG no mesmo estádio e o Santos recebe o fraco Vitória.

Voltemos à rodada 34. O Galo joga suas últimas fichas no sonho de título em Curitiba. Se não encurtar a diferença de sete pontos para o Palmeiras, as chances são altas de o clube mineiro não jogar com força total contra o Verdão, no dia 17, seis dias antes da primeira final da Copa do Brasil. Fla e Santos sentirão cheirinho de título se a distância para o Palmeiras diminuir antes da “boa” rodada 35. Se o Flamengo vencer o Botafogo e o Alviverde perder do Inter, o Rubro-Negro estará a uma vitória contra América para assumir a liderança do Brasileirão na quarta, dia 16, e pressionar o líder na quinta-feira seguinte. No mesmo cenário, o Santos teria a chance de passar o Verdão antes de o atual líder jogar com o Galo.

O Palmeiras, hoje tranquilo na ponta, por sua vez, pode aumentar sua gordura em caso de vitória contra Inter, que melhorou seu futebol e quase eliminou o Atlético na Copa do Brasil, mas que tem campanha pífia fora do Beira-Rio: duas vitórias (contra São Paulo e Santos), quatro empates e dez derrotas. O líder só perdeu uma no Allianz Parque, para o Galo: 11 vitórias e quatro empates como mandante. A tarefa do Fla não é fácil por se tratar de um clássico contra o Botafogo, líder do returno com 31 pontos. A Ponte, adversária do Santos, só perdeu três em casa (Fla, Galo e Cruzeiro) e tem 11 vitórias e dois empates. O Coxa recebe o Atlético com retrospecto de sete vitórias, sete empates e apenas duas derrotas. Aumentar ou seguir com a vantagem para o vice-líder significa ao Palmeiras jogar tranquilo em Minas Gerais antes de fazer dois jogos em casa (Bota e Chape).

Para quem está atrás na tabela, jogar antes do líder pode ser uma boa. Não há muito o que fazer além de vencer. E vitória jogará pressão em cima do Palmeiras. A 34ª rodada do Brasileirão é chave.

CBF, SEMPRE ELA…

É uma vergonha a CBF anunciar a mudança de data de Ponte x Santos, das 21h de sábado para as 11h de domingo, na noite de sexta. Por questões de segurança em Campinas (torcedores do Guarani irão se reunir no Brinco de Ouro por conta da final da Série C), a solicitação da PM foi feita na terça. A mudança aconteceu só em cima da hora. Lamentável. Santos e Ponte se preparam para um jogo noturno, e não diurno. O mais sensato seria a transferência da partida para a noite de domingo ou de segunda-feira.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Jovem é morto a pedradas na zona rural de Vitória da Conquista

Compartilhe em sua Rede Social  Por volta das 16:00h de quarta-feira (17/07), a 92ª Companhia …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.