Página Inicial / Brasil / Por 6 votos a 3, STF mantém Renan na presidência do Senado

Por 6 votos a 3, STF mantém Renan na presidência do Senado

Compartilhe em sua Rede Social

itambeagora

Na tarde desta quarta-feira (7), o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por 6 votos a 3, manter o presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB) no cargo. A maioria da Corte Federal derrubou a decisão individual do ministro Marco Aurélio, que determinou o afastamento, na última segunda (5).

Votaram a favor da permanência de Renan os ministros Celso de Mello, Teori Zavascki, Dias Toffoli, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski e a presidente da corte, Cármen Lúcia. Pelo afastamento do senador votaram, além de Marco Aurélio, os ministros Edson Fachin e Rosa Weber.

Dois ministros não participaram do julgamento. O ministro Gilmar Mendes está em viagem oficial à Suécia e Luís Roberto Barroso está impedido de julgar a questão porque trabalhou com os advogados da Rede, autores da ação, antes de chegar ao Supremo.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Homem comete suicídio após eliminação do Flamengo na Copa do Brasil

Compartilhe em sua Rede Social  Um homem tirou a própria vida após o jogo Flamengo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.