Página Inicial / Bahia / Itapetinga: Adolescente acusa cabeleireiro de obriga-lo a fazer sexo oral

Itapetinga: Adolescente acusa cabeleireiro de obriga-lo a fazer sexo oral

Por volta das 16hs de sexta-feira (11/08), um pastor de identidade preservada, esteve na Delegacia Territorial de Itapetinga para registrar um Boletim de Ocorrência.

Ele relatou que seu filho, um adolescente de 15 anos, saiu de casa no intuito de cortar o cabelo em um salão localizado na Rua Caravelas, bairro Camacã e momentos depois retornou para casa abatido e chorando. Ao ser indagado pelo pai, o menino revelou que foi aliciado pelo cabeleireiro que o obrigou a fazer sexo oral, mediante o emprego de uma navalha no seu pescoço.

Logo após o relato do adolescente, o pai da vítima acionou a Polícia Militar, que conseguiu localizar o suspeito ainda no interior do salão de beleza e o conduziu à DT para ser interrogado.

O suspeito segue custodiado, enquanto a Polícia Civil conclui a investigação. Fala-se que o suspeito foi autuado em flagrante. // Itapetinga na Mídia – imagem ilustrativa

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Vândalos promovem destruição na Rodoviária de Itororó

O clima esquentou essa madrugada na Rodoviária de Itororó, após vândalos invadirem o local e …