Página Inicial / Entretenimento / Desfile Cívico de 7 de Setembro levou uma multidão às ruas de Itambé

Desfile Cívico de 7 de Setembro levou uma multidão às ruas de Itambé

Criatividade, beleza, organização e muita emoção. Essas foram as principais marcas da Programação Cívica do 7 de Setembro em Itambé, realizada pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação e Cultura (SMEC), em comemoração à Independência do Brasil.

Com o tema “Dos Pataxós e Mongoiós ao Novo Tempo”, o Desfile Cívico narrou brilhantemente os acontecimentos que marcaram a história de Itambé ao longo dos seus 90 anos, e homenageou várias personalidades que influenciaram a trajetória do Município.

Toda a programação foi acompanhada de perto por uma grande multidão, que não economizou aplausos a cada apresentação e a cada evolução desenvolvida com exatidão pelos alunos e por todas as fanfarras.

Antecedendo ao Desfile, autoridades e representantes da sociedade se reuniram no Paço Municipal para a Cerimônia de Hasteamento das Bandeiras. Um momento de respeito aos Símbolos Nacionais, que foi abrilhantado com a apresentação do Hino de Itambé pelos integrantes do Clube de Desbravadores Sândalo.

O desfile foi aberto pelas autoridades municipais, entre elas, estava o prefeito Eduardo Gama; o vice-prefeito José Moura (Bita) Gusmão; vereadores; a secretária de Educação Alecciene Gusmão; e demais secretários municipais.

Acompanhada pela Fanfarra da Secretaria Municipal de Assistência Social, a primeira escola a entrar na Avenida foi o Centro Educacional Enoy Ferraz Trancoso contando a história do Brasil, do Período Pré-Colonial até a Independência.

Logo em seguida, foi a vez da Escola Municipal Frei Caneca, da Loja Maçônica de Itambé, e das Escolas Tio Té, Antônio Carlos Magalhães e Everlane Gusmão desfilarem com o tema: “Itambé – Pedra Afiada, Terra de Guerreiros”.

A cada apresentação, um espetáculo que surpreendia ao público. Com o tema “Chão Sagrado. Rincão Abençoado: A fé do nosso povo”, a escola Emília Rezende e Escolas do Campo representaram a religiosidade local. E, com o tema “Suas Escolas, seus Sonhos mais Caros”, o Educandário Cristo Rei e o Instituto Mozart Andrade emocionou a plateia ao homenagear os educadores Padre Juracy Marden, Irmã Walquíria Amorim e  Brites Ventura.

O desfile seguiu com a participação das Escolas Batista El Shalom, Batista Sinai e Everlane Gusmão, apresentando o tema “Família: Base de uma Sociedade”, em alusão às primeiras famílias do município.

Lembrando personalidades que representam a Identidade Cultural do Povo, a Escola Aparício do Couto Moreira, acompanhada de sua fanfarra, recordou a influência dos artistas Lúcio Ribeiro, Eva Maria Figueiredo, Marina Lyra e “Zé da Muda”. Já as Escolas Edward Carvalho e Osvaldino Gusmão homenagearam os três poderes, apresentando na avenida o tema “Itambé de Higino Correia Santos Melo a Eduardo Coelho de Paiva Gama”.

O desfile das unidades da Rede Municipal de Ensino foi encerrado em grande estilo com a participação das Escolas Brites Ventura, Castelo Branco e Sara Cesário, apresentando como tema: “Juventude Esperançosa de Caráter Varonil, Exaltemos Itambé que é um Pedaço do nosso Brasil”.

Em seguida, foi a vez das escolas estaduais mostrarem encanto e beleza na Avenida. O Colégio Estadual Polivalente de Itambé abordou o tema “Bahia de todos os cantos e encantos”.

O Centro Educacional Gilberto Viana (CEGV) fechou do desfile com chave de ouro, com o tema “A menina que virou mestre: Sandra é CEGV”, uma homenagem à diretora da Unidade Sandra Suely Azevedo. Após o desfile, a programação seguiu com uma cavalgada. (Nicolaia Carneiro – Ascom/PMI)

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Tristeza: Menino de 10 anos morre afogado em represa de Livramento

Um garoto de 10 anos, identificado como sendo Renan Ramos dos Santos, morreu afogado no …