Página Inicial / Brasil / Manobrista bate carro de luxo de cliente e provocar morte de jornalista

Manobrista bate carro de luxo de cliente e provocar morte de jornalista

O manobrista de uma casa noturna da região central de São Paulo provocou um acidente e causou a morte de um jornalista, na madrugada deste domingo (5), quando levava o carro de um cliente do estacionamento para o bar.

Segundo informações da SSP (Secretaria de Segurança Pública), o manobrista Renato Santos Bosco, de 28 anos, foi detido depois do acidente porque seu teste do bafômetro indicou ingestão de bebida alcoólica.

Jornalista Thyago Gadelha Chaves – morto no acidente

De acordo com testemunhas, o manobrista conduzia em alta velocidade um carro de luxo Range Rover Evoque, quando bateu em um Chevrolet Onix, que fazia serviço de Uber. Na colisão morreu o jornalista Thyago Gadelha Chaves, 36 anos, e três pessoas ficaram feridas.

Segundo despacho da juíza Maria Paula Cassone Rossi em audiência de custódia, Bosco ficará preso preventivamente. A colisão aconteceu por volta da 1h na esquina das ruas Conselheiro Nebias e Dos Gusmões. O manobrista foi indiciado por homicídio simples.

 

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

 Protesto termina em “barraco” entre vereador e pipeiros de Rio do Antônio. Assista ao vídeo

Diz o ditado que ‘Na briga entre o mar e o rochedo, é o siri …

Caatiba: Professores entram em greve e luta por recurso dos precatórios do FUNDEF

Os profissionais da Educação Municipal de Caatiba, paralisaram às atividades escolares por tempo indeterminado na …