Página Inicial / Justiça / Inaugurado há 2 meses, o Cejusc de Itambé ainda não abriu a porta para a população

Inaugurado há 2 meses, o Cejusc de Itambé ainda não abriu a porta para a população

Compartilhe em sua Rede Social

O peso da cerimônia de inauguração do Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflito Processual (Cejusc), em Itambé, com as presenças da presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, do diretor-geral da Fainor , do prefeito e vice-prefeito da cidade, de secretários e coordenadores, já mostrava a importância relevante da prestação do novo serviço para os cidadãos itambeenses, e da região, envolvidos em conflitos processuais.

Acontece que desde a sua implantação no município, há pouco mais de 2 meses, no dia 17 de outubro, a sala do Cejusc, situada no Fórum Mármore Neto, em Itambé, nunca se abriu para a população, para prestação dos serviços anunciados pelas autoridades competentes no ato de inauguração.

A reclamação é geral. Diariamente cidadãos procuram os Serviço de Assistência Judiciária, no Cejusc e dão de cara com a porta fechada. O Blog Itambé Agora foi procurado por vários cidadãos, se queixando da situação.

O Cejusc implantado na cidade é fruto de um termo de cooperação técnica entre o Tribunal de Justiça da Bahia e a Faculdade Independente do Nordeste (Fainor), com apoio da prefeitura municipal, mas ninguém se pronuncia sobre o assunto.

A população precisa de uma explicação.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Acidente com carro da Paróquia de Itambé, deixa motorista ferido na BA-263

Compartilhe em sua Rede Social  O condutor perdeu o controle do veículo, saiu da pista …