Página Inicial / Bahia / Justiça obriga Sinho Ferrary a cumprir shows vendidos por ex-empresário

Justiça obriga Sinho Ferrary a cumprir shows vendidos por ex-empresário

 

Uma decisão judicial, por meio de liminar, obriga o cantor itambeense Sinho Ferrary a cumprir toda a agenda de shows previamente marcada pelo seu antigo empresário, Názarro Delarmelina. Segundo informou o blog do Pimenta, Sinho tinha shows vendidos pelo empresário até 2019.

Ainda segundo o blog, o processo foi movido por Názarro depois de Sinho comentar que havia rompido a sociedade e de que havia decidido tocar a carreira por conta própria. Conforme a decisão judicial, o cantor pagará multa de 500% do valor contratado em caso de descumprimento.

A multa independe do julgamento de cobrança de multa contratual, estabelecida em R$ 3 milhões. Todas as partes já teriam sido notificadas da decisão. Sinho Ferrary é dos artistas mais famosos e requisitados do interior da Bahia.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Bahia: Justiça Federal determina bloqueio de R$ 4,7 milhões de prefeito por irregularidades no transporte escolar

Justiça Federal determinou o bloqueio de até R$ 4.707.662,34 em bens do atual prefeito de …