Página Inicial / Bahia / Perito que matou esposa e cometeu suicídio enviou mensagem de WhatsApp contando o que iria fazer

Perito que matou esposa e cometeu suicídio enviou mensagem de WhatsApp contando o que iria fazer

O perito da Polícia Civil que matou a esposa, que atuava como bombeiro militar, e cometeu suicídio, neste sábado (23), em Barreiras, oeste da Bahia, enviou uma mensagem de áudio para um grupo de WhatsApp, momentos antes do ocorrido, dizendo que iria cometer o crime. A informação foi confirmada pela polícia.

Na mensagem, Orlando Ladeia, de 41 anos, avisou que era para a polícia se dirigir à residência deles, deu o endereço e explicou onde ficava a chave e o controle do portão.

Ao chegarem no local, peritos da Policia Técnica isolaram a casa onde o crime aconteceu, no bairro Bandeirantes. Os vizinhos disseram que ouviram os primeiros tiros pouco depois do meio-dia. Assista:

Quando a Polícia Militar chegou ao local, Orlando Ladeia e a esposa, Dirce Ladeia, de 35 anos, já estavam mortos. Segundo informações de amigos, eles estavam em processo de separação, mas ainda viviam na mesma casa.

Policiais militares que entraram na casa junto com a Polícia Civil disseram ao delegado Ruy Pinheiro que tudo estava revirado e que o perito atirou várias vezes dentro do imóvel. Os corpos foram levados para o IML de Barreiras e vão passar por necrópsia. // G1

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Mulher morre e policial fica ferido em acidente na rodovia Ilhéus-Itabuna

Uma mulher morreu e um policial de Itabuna ficou ferido em acidente ocorrido na Rodovia …