Página Inicial / Brasil / Tristeza: Mãe e filha morrem abraçadas durante tiroteio

Tristeza: Mãe e filha morrem abraçadas durante tiroteio

Testemunhas relatam o episódio sangrento que aconteceu em Curitiba. Um casal e a filha estavam dirigindo pelo bairro de Capela Velha, em Araucária, quando uma moto com dois homens emparelhou com o veículo. Os homens abriram fogo contra o carro. Cristiane Munhoz, de 25 anos, morreu abraçada à filha Julia Camargo Munhoz, de 4 anos, após tentar sair do veículo. O marido, Rodrigo de Oliveira Camargo, 30 anos, conseguiu fugir, mas foi atropelado. Ele está em estado grave.

Segundo a Polícia Militar (PM), o carro em que pai, mãe e a menina estavam foi seguido por ocupantes de um Cobalt prata. Dentro do carro, dois homens encapuzados e armados já estavam prontos para executar os três.

Quando o veículo finalmente conseguiu parar ao lado do Fox da família, no cruzamento das ruas Tiriva com Tangará, a dupla efetuou vários disparos e não poupou sequer a criança. Rodrigo de Oliveira Camargo, 30 anos, perdeu a direção do carro ao ser atingido e bateu numa árvore.

Com a criança no colo, esposa de Rodrigo, Cristiane Munhoz, de 25, morreu abraçada à filha. O homem ainda conseguiu abrir a porta do carro e tentar sair correndo. Ele parou em frente a uma casa para pedir socorro e acabou sendo atropelado. Rodrigo foi socorrido, pelo Siate, e encaminhado ao Hospital do Trabalhado em estado grave.

A polícia acredita que a família tenha sido alvo de execução, pois tanto Rodrigo quanto Cristiane tinham passagem pela polícia. Suspeita-se que eles tenham ligação com o tráfico de drogas. Os atiradores não foram presos, mas a investigação continuará sendo feita. // Claudia

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Itambé: Após CRAS ser arrombada, PM apreende autor e recupera item furtado

Na tarde de hoje, quinta-feira (19), a Polícia Militar foi informada de um arrombamento seguido …