Página Inicial / Brasil / Record e Rodrigo Faro são condenados a indenizar ex-participante do quadro “Arruma meu Marido”

Record e Rodrigo Faro são condenados a indenizar ex-participante do quadro “Arruma meu Marido”

Compartilhe em sua Rede Social

Um participante do quadro “Arruma Meu Marido”, que era exibido no programa de Rodrigo Faro, teria sido orientado a ficar desleixado por aproximadamente nove meses para que, assim, pudesse participar do quadro. O caso começou no final de 2011. À época, foi prometido a Walmor Ferreira, o integrante que precisaria de uma melhora estética, que ele ganharia uma reforma no visual. Para isso, ele teve os dentes arrancados. A informação é do site TV Foco.

Faro e a emissora terão de pagar R$ 137 mil para Ferreira numa sentença proferida pelo juiz Yale Mendes, da 7ª Vara Cível de Cuiabá. Do total, R$ 57,4 mil são para ressarcimento com gastos referentes a saúde bucal; R4 50 mil referentes aos danos morais; R$ 30 mil por dano estético e R$ 470 por dano material. A decisão ainda cabe recurso.

Segundo Ferreira, em vez de realizar o tratamento prometido, a clínica optou pela extração dos seus 12 dentes, procedimento realizado em dois dias, para a implantação da nova prótese. Por conta da dor, ele desistiu de participar da atração, mas a produção do programa o obrigou, segundo ele afirmou em ação judicial. O argumento usado pela produção do programa foi o de que não poderiam mudar a sua grade.

Um trecho da ação judicial diz que ele participou do programa porque teve a esperança de que ganharia um tratamento dentário adequado, já que estava praticamente sem dentes, mas hoje a situação está pior.

Na ação, ainda consta que ele teve que passar quatro meses se alimentando de líquidos. Embora tenha pedido ao produtor do programa uma solução, nada foi feito, exceto o envio de uma prótese dentária móvel que não fixa em sua boca, porque a gengiva foi, praticamente, mutilada pela dentista da atração.

Hoje, Ferreira recorre a um tratamento psiquiátrico por conta de uma fobia social, uma vez que passou a ser alvo de chacotas, ficando deprimido e com dificuldades para trabalhar.

Em outra parte da ação, ele alega que por diversas vezes Faro o expôs ao ridículo, comparando-o com animais da fauna pantaneira.

A Record e o apresentador afirmam que antes da sua participação no programa ele já não possuía a maioria dos dentes e que foi colocada uma prótese provisória enquanto era confeccionada outra, com material mais refinado. O material, segundo a defesa, foi enviado pelo correio.

Sobre o tratamento odontológico, ele afirmam que ele concordou totalmente, já que tinha pleno conhecimento dos termos e procedimentos. Já referente as brincadeiras, a defesa alega que essa é a natureza do quadro e que a comparação de “antes” e “depois” sempre é eita. // O Povo Online

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Conquista: Adolescente de 15 anos desaparece após sair de casa para ir ver a tia

Compartilhe em sua Rede Social Adolescente saiu da sua residência no bairro Lagoa das flores …