Página Inicial / Bahia / Bahia: Prefeito é acusado de apontar arma para vereadores durante apuração de denúncia em escola

Bahia: Prefeito é acusado de apontar arma para vereadores durante apuração de denúncia em escola

Dois vereadores de Itatim, na Bahia acusam o prefeito Gilmar Tingão (PSB) de ameaçá-los com uma arma durante uma inspeção à escola municipal Geraldo Pereira Nogueira, na manhã quarta-feira (14).

O presidente da Câmara, Nadson Andrade (PTB) e José Machado (PMDB) estariam apurando a denúncia de estudantes quando foram abordados pelo prefeito. “Os alunos denunciaram que a merenda estava com péssima qualidade e que as fossas estavam cheias. Quando estávamos conversando com a diretora da escola, o prefeito chegou agitado com uma arma e ameaçou dar um tiro na cara dos vereadores”, denunciou Nadson, em entrevista ao Bahia Notícias.

Segundo o gestor da Câmara, os cerca de 600 alunos da unidade escolar começaram a correr e, além da ameaça, Tingão teria dado “tapas no rosto dos dois vereadores”. De acordo com o vereador, a promotoria local recomendou que fosse feito um exame de corpo delito, o que deve acontecer apenas em Itaberaba, onde fica a sede regional do Departamento de Polícia Técnica.

Tingão é ex-delegado do município e o episódio denunciado pelos vereadores aconteceu na escola que homenageia o pai do prefeito. O prefeito declarou que dois vereadores tramavam colocar laxantes na merenda de uma escola. Em nota enviada ao Bahia Notícias nesta quinta-feira (15), o gestor municipal disse que a atitude dos vereadores Nadson Andrade (PTB) e José Machado (PMDB) foi “covarde e criminosa”.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Bahia: Justiça suspende concurso da Prefeitura de Prado após suspeita de fraude

Após a Justiça determinar de forma liminar a suspensão do concurso de 2017, realizado pela …