Página Inicial / Destaque / Polêmica envolvendo vereador e Santa Casa domina os discursos na Câmara Municipal

Polêmica envolvendo vereador e Santa Casa domina os discursos na Câmara Municipal

Uma grande polêmica envolvendo o vereador Bruno Lopes e a direção da Santa Casa de Misericórdia de Itambé dominou os discursos em tribuna, dos vereadores presentes na sessão desta terça-feira (20), na Câmara Municipal.

Entenda o caso

A celeuma envolve uma eventual emenda parlamentar do deputado Antônia Brito, no valor de R$ 200 mil reais, anunciado pelo vereador Bruno Lopes, em 2017, que seria disponibilizado via prefeitura, pois a Santa Casa não estaria apta (sem as certidões necessárias) para receber diretamente o recurso. No mesmo período, em 31 de março, o prefeito municipal enviou à Câmara Projeto de Lei pedindo autorização do legislativo para firmar convênio com a Santa Casa, para o fornecimento de profissional de saúde e material de consumo. Com a Lei já aprovada, a prefeitura teve base legal para investimentos no hospital, porém, segundo informou o hospital, a prefeitura contratou plantonista somente por três meses e nada mais.

Após anúncio do vereador em redes sociais, dando conta da chegada de recurso no montante de R$1.100,000,00 para a saúde do município, afirmando ainda, que desse montante, R$ 120.000,00 seria para investimento na Santa Casa – tendo a notícia veiculada no Blog Itambé Agora, A Santa Casa pediu explicações ao prefeito a cerca do assunto. Em resposta, o prefeito negou a veracidade da informação e afirmou que nenhum recurso havia chegado através de emenda parlamentar para investimento no hospital. Com base em tudo isso, e também, com base em um discurso inflamado do vereador Bruno no último dia 13/03, a cerca da competência da direção do hospital, a Santa Casa emitiu Nota de Esclarecimento direcionada ao vereador, que por sua vez, já na sessão da Câmara Municipal desta terça-feira (20), rebateu a nota e, também, divulgou na sessão, esclarecimentos a cerca do caso e reafirmou suas críticas, quanto à direção da Santa Casa, na pessoa do Provedor Carlos Alberto Silva Santos.

Com isso se abriu uma grande discussão na Câmara, onde os demais vereadores presentes saíram em defesa do diretor do hospital. Veja os discursos dos vereadores Bruno Lopes, Maria José e Paulo Rucas:

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Na justiça: Estado da Bahia e o município de Bom Jesus da Serra tem até 24 horas pra cumprir Ação Judicial

A Justiça determina que o Município de Bom Jesus da Serra/BA, e o Estado da …