Página Inicial / Noticias / Padrasto é preso por estuprar enteada de 12 anos durante seis meses em Conquista

Padrasto é preso por estuprar enteada de 12 anos durante seis meses em Conquista

Compartilhe em sua Rede Social

Já está no sistema prisional de Vitória da Conquista, o estuprador Mateus Santos Gonçalves, de 31 anos, acusado de violentar a enteada de apenas 12 anos. Investigadores do Núcleo da Criança e do Adolescente, da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Conquista, cumpriram mandado de prisão preventiva na casa dele, na última terça-feira (10).

Mateus é acusado ter estuprado a enteada de 12 anos durante seis meses. Em depoimento, ele confessou o crime e disse que pretendia casar-se com a menina quando ela alcançasse a maior idade. O criminoso vai responder por estupro de vulnerável.

Segundo a delegada Rosilene Correia, da 10ª Coorpin/Conquista, o caso foi denunciado pela companheira de Mateus e mãe da criança, quando percebeu um comportamento estranho no marido.

Ele foi indiciado por estupro de vulnerável e encaminhado para o Conjunto Penal de Vitória da Conquista. Mateus já possuía passagem anterior pela polícia por roubo. // IBahia

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Igreja Assembleia de Deus Missão realiza programação festiva ao Dia da Criança

Compartilhe em sua Rede Social  A Igreja Assembleia de Deus Missão, situada na Av. Pernambuco, …