Página Inicial / Bahia / Dois mestres de capoeira são presos suspeitos de estuprar alunos em projeto social na Bahia

Dois mestres de capoeira são presos suspeitos de estuprar alunos em projeto social na Bahia

 

Dois mestres de capoeira foram presos suspeitos de abusar sexualmente de pelo menos dez alunos, com idades entre 10 e 20 anos, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia. Eles foram detidos na terça-feira (8), e apresentados pela polícia na manhã desta quarta (9).

A dupla Josenildo Almeida Lopes, conhecido como Pássaro Preto, de 32 anos, e Rafael Pereira da Costa, de 27, ensinava em um projeto social do município. Era no local onde eram oferecidas as aulas que eles aliciavam as crianças e adolescentes. Eles praticavam os estupros em casas, hotéis e motéis.,

De acordo com a polícia, os suspeitos enganavam as vítimas e as levavam para a casa de amigos e hotéis, onde cometiam os abusos e estupros. Depois do crime, as crianças e adolescentes eram ameaçados para que não contassem à família.

Apesar disso, uma das vítimas contou ter sofrido abuso sexual ao pai, que procurou a polícia para registrar a queixa. A partir daí, as investigações começaram e os dois suspeitos foram presos.

Um dos homens é professor da prefeitura de Luís Eduardo Magalhães e foi detido durante o trabalho. O outro homem foi preso em casa. Eles foram levados para a delegacia e vão responder pelos crimes de estupro de vulnerável e ameaça. Assista à reportagem:

Em nota, a prefeitura de Luís Eduardo Magalhães informou que pediu exoneração imediata do suspeito que é servidor publico e disse que não concorda e não compactua com esse tipo de comportamento. // G1

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Luto: Faleceu Antônio Carlos Ribeiro Sena, “Bita do Garajão”

Faleceu na manhã de hoje, sábado (18), por volta das 05:00h, no Hospital de Base, …