Página Inicial / Bahia / PF deflagra operação para combater desvios de recursos públicos em 10 cidades baianas

PF deflagra operação para combater desvios de recursos públicos em 10 cidades baianas

Foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (30) uma operação da Polícia Federal para desarticular e investigar uma organização criminosa suspeita de desviar mais de R$ 3,2 milhões em verbas do Sistema Único de Saúde (SUS) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) repassadas ao município de Itapebi, região sul da Bahia.

De acordo com a PF, o esquema criminoso funcionava através da constituição de empresas fictícias, que eram utilizadas pelos envolvidos para fraudar as licitações realizadas pela Prefeitura, dentre as quais para a aquisição de medicamentos e insumos hospitalares, merenda escolar e livros didáticos.

Além de Itapebi, há suspeita de fraudes semelhantes em outros municípios baianos, cujo valor total dos contratos gira em torno dos R$ 14 milhões.

Cerca de 60 policiais federais cumprem 21 mandados de busca expedidos pela Justiça Federal de Eunápolis. A ação ocorre nas cidades baianas de Floresta Azul, Itabuna, Ilhéus, Itapebi, Itororó, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Uruçuca e Vitória da Conquista.

Políticos, empresários e advogados estão sendo investigados e vão responder pelos crimes de fraude à licitação (art. 90, Lei 8.666/93) e organização criminosa (art. 2º, Lei 12.850/13). Ainda de acordo com a polícia, a operação recebeu o nome de “Juramento de Hipócrates” em razão de um dos líderes do esquema criminoso ser médico e, não obstante, ter quebrado o juramento solene de exercer a medicina com honra e para o bem da humanidade. // Fonte: Bahia BA

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Ativista LGBT assassinado a facadas em Itororó é enterrado

O ativista LGBT Marcos Cruz Santana, de 40 anos, que foi assassinado a facadas, na …