Página Inicial / Brasil / Polícia fecha fábrica clandestina de camisas da seleção brasileira

Polícia fecha fábrica clandestina de camisas da seleção brasileira

Compartilhe em sua Rede Social

Agentes da DRCPIM (Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial) fecharam uma fábrica clandestina de camisas da seleção brasileira nesta segunda-feira (14) em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

De acordo com as investigações, que começaram há mais de um mês, até mil camisas eram confeccionadas por dia e distribuídas por todo o Estado.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Maurício Demétrio, as camisas poderiam gerar um faturamento de cerca de R$ 3 milhões, principalmente no período da Copa do Mundo.

Ao todo, oito pessoas foram autuadas na operação. O delegado explicou que a investigação vai continuar. A polícia ainda procura o proprietário do imóvel onde funcionava a fábrica. // R7

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Homem enciumado invade casa, mata ex-companheira a tiros e fere 2 pessoas em Barra da Estiva

Compartilhe em sua Rede Social  Um crime Bárbaro abalou a população de Barra da Estiva …