Página Inicial / Brasil / Brasil: Mãe e padrasto são suspeitos de torturar crianças; duas delas foram estupradas

Brasil: Mãe e padrasto são suspeitos de torturar crianças; duas delas foram estupradas

A polícia prendeu nesta segunda-feira (4) a mãe e o padrasto de cinco crianças que sofriam maus-tratos no bairro do Clima Bom, parte alta de Maceió/AL. O homem é suspeito de estuprar duas delas. A mulher foi identificada como Layla Mariá Rufino, e o homem, Edson José da Silva.

As crianças foram encontradas pelo Conselho Tutelar com queimaduras nas mãos e nos pés. Elas contaram aos conselheiros que os machucados foram provocados pela própria mãe, com o uso de uma colher quente.

Cerca de uma semana depois, duas das filhas de Layla foram levadas para o Instituto Médico Legal (IML), onde passaram por exames que comprovaram que elas haviam sido estupradas pelo padrasto.

De acordo com a polícia, Layla havia confessado que agrediu os filhos, mas depois conseguiu fugir e foi presa em Cajueiro, na Zona da Mata do estado, em uma operação conjunta entre a Delegacia de Crimes contra a Criança e o Núcleo de Inteligência da Delegacia Geral da Polícia Civil.

Já o padrasto das crianças foi encontrado na Usina Utinga, em Rio Largo, na região Metropolitana de Maceió.

Os dois agora estão à disposição da Justiça, e devem responder por estupro e tortura. // G1

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Bebê de um ano está em estado grave após ser atacado cachorro, em Goiânia

Segundo o Corpo de Bombeiros, a criança teve lesões no pescoço e no rosto e …