Página Inicial / Bahia / Caetité: Pastor é preso por pedofilia e diz que ‘estava sendo possuído pelo demônio’

Caetité: Pastor é preso por pedofilia e diz que ‘estava sendo possuído pelo demônio’

Compartilhe em sua Rede Social

Na manhã desta quinta-feira (07), um pastor foi preso acusado de pedofilia em Caetité. Segundo a polícia, as vítimas dos abusos são garotos entre 13 a 17 anos residentes em diversas cidades do país. O acusado confessou o crime e disse que “estava possuído pelo demônio” durante os crimes.

De acordo com informações do Sudoeste Bahia, o homem utilizava um perfil nas redes sócias e aplicativos de mensagens para conversar e trocar fotos com os adolescentes. A investigação começou há 40 dias e foi iniciada após um tio de uma das vítimas denunciar.

O acusado foi identificado pelo nome de  Gilmar Silva Porto, de 35 anos, morador do bairro Pedro Cruz em Caetité. Na ação foram apreendidos, um veículo Fiat Palio, computadores, pendrives e cartões de memória contendo fotos e vídeos de meninos nus.

O pastor foi indiciado pelo artigo do Estatuto da Criança e do Adolescente que trata de pornografia envolvendo menores. A pena prevista para o crime varia de 3 a 6 anos de prisão. O caso segue sendo investigado. // Agência Sertão

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Ex-presidiário matou a própria para roubar R$ 1,200; dinheiro foi gasto com drogas em apenas uma noite

Compartilhe em sua Rede Social  Uma ação conjunta entre as Polícias Civil e Militar resultou, …