Página Inicial / Noticias / Itambé: Donos de caminhões contratados pela prefeitura amargam 10 meses sem pagamentos

Itambé: Donos de caminhões contratados pela prefeitura amargam 10 meses sem pagamentos

A triste situação dos donos de caminhões que prestam serviços para a prefeitura de Itambé volta a ser notícia no Blog Itambé Agora, que novamente escutou o lamento de um cidadão que tem suas finanças comprometidas pelo não pagamento de seus vencimentos, devido à falta de compromisso e sensibilidade da gestão Gama.

Segundo um prestador de serviço, dono de um caminhão contratado, que desabafou com o Blog Itambé Agora, ele afirma que já são dez meses acumulados, que a prefeitura deve a eles. “Já passamos o Natal e a festa de Ano Novo sem dinheiro. Agora estamos com receio de ficar também sem nada para nossas famílias na festa de São João”. Disse o prestador de serviço, que não quis se identificar.

O pior que, além de não receberem o que é de direito, eles ainda tem que continuar trabalhando e arcando com o desgaste e manutenção dos seus caminhões, pelo receio de não receberem nada do devido, se pararem o serviço.

Os caminhões, (total de 5) foram contratados pela prefeitura para atuarem na zonar rural, trazendo os feirantes e moradores locais para a sede e, também, levando os feirantes da sede para o CEASA de Vitória da Conquista, para compra de mercadorias, que serão comercializadas na feira livre de Itambé.

Nos quatro cantos da cidade, a população pergunta: O que está acontecendo com essa prefeitura?

Apesar das arrecadações recordes crescentes, que nos quatro primeiros meses a prefeitura recebeu quase 19 milhões, a administração Eduardo Gama não consegue equilibrar as contas do município, a exemplo do pagamento destes prestadores de serviços essenciais à população da zona rural, que completou 10 meses sem pagamentos e só com a promessa que vai pagar.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Jogador de futebol mata transexual para esconder relação entre os dois

Um jogador de futebol, de 22 anos foi preso em flagrante na última quinta-feira (21/4) …