Página Inicial / Justiça / Justiça suspende blitz do IPVA em Conquista

Justiça suspende blitz do IPVA em Conquista

O juiz Ricardo Frederico Campos, titular da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Vitória da Conquista, deferiu “liminar almejada para suspender a operação intitulada Blitz do IPVA, realizada pelo DETRAN-BA [Departamento Estadual de Trânsito da Bahia] e Polícia Militar do Estado da Bahia, na cidade de Vitória da Conquista.

Com isso, o juiz proíbe o Detran de apreender os automóveis dos contribuintes em razão do não pagamento do IPVA ou falta de porte do CRLV, até que o Estado da Bahia disponibilize o pagamento isolado do CRLV, independentemente do pagamento do IPVA, multas e quaisquer outras taxas, sob pena de multa, por operação de blitz, de R$ 100.000,00 (cem mil reais)”.

A decisão é interlocutória. 

No âmbito jurídico, uma decisão interlocutória é um dos atos praticados pelo magistrado de um processo em que decide uma questão incidental sem a resolução do mérito, ou seja, sem pronunciar uma solução final à lide proposta em juízo.

A autoria do pedido é do vereador David Salomão Santos Lima (PRTB) que teve como advogado Marco Aurélio Andrade Miranda. Este ano o mesmo vereador apresentou projeto de lei na Câmara de Vereadores para suspender as blitzes, mas a proposição foi rejeitada pela maioria dos 21 parlamentares.

Sobre a liminar judicial, o Governo do Estado da Bahia ainda não se manifestou sobre o assunto. LEIA A ÍNTEGRA DA DECISÃO INTERLOCUTÓRIA

(TV Sudoeste Digital)

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Jogador de futebol mata transexual para esconder relação entre os dois

Um jogador de futebol, de 22 anos foi preso em flagrante na última quinta-feira (21/4) …