Página Inicial / Bahia / Rondesp prende “Matador”, suspeito de participar de chacina em Conquista

Rondesp prende “Matador”, suspeito de participar de chacina em Conquista

Compartilhe em sua Rede Social

Denúncias anônimas levaram a Rondesp até Wesley Costa Silva, o “Índio matador”, suspeito de participar da chacina que resultou em três mortos a tiros no Bairro Cidade Maravilhosa, em Conquista. Ele não reagiu à abordagem, ocorrida no Bairro Sobradinho.

RELEMBRE AQUI

Segundo a denúncia, além de matador, o preso atuava como responsável pela guarda das armas usadas em crimes na cidade. Ele confessou participação e apontou comparsas no crime, identificados até então pelos vulgos de ” Zé Carlinhos”, “Luquinhas”, “Rafik”, “Pé de Pato” e “Cheba”.

De acordo com o TV Sudoeste Digital, durante buscas nas redondezas, os policiais chegaram até o esconderijo de “Luquinhas”. Um indivíduo não identificado conseguiu fugir e deixou para trás um revolver, calibre 38, e 10 munições do mesmo calibre. A Rondesp continua as buscas.

“Índio matador” revelou que a arma de fogo encontrada havia sido usada no crime ocorrido e a motivação do mesmo seria disputa por pontos de drogas entre facções rivais. Ele contou, ainda, que a intenção era matar dois desafetos, mas outros dois entraram na linha de tiro. A chacina resultou em três mortes e um gravemente ferido.

Diante de tal informação e de posse de outras obtidas com o envolvido, foram efetuadas buscas em outras residências apontadas pelo mesmo como possíveis esconderijos do envolvidos, mas nada foi encontrado. O envolvido e o material encontrado na casa de “Luquinhas” foram apresentados na Delegacia de Homicídios.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Após 15 anos Banda Calcinha Preta volta a Itambé para show inesquecível

Compartilhe em sua Rede Social    Após cerca de dois anos longe dos palcos, a …