Página Inicial / Noticias / “Venda Furada”: PF acha notebooks furtados do TRE de Conquista com servidor técnico de informática

“Venda Furada”: PF acha notebooks furtados do TRE de Conquista com servidor técnico de informática

Compartilhe em sua Rede Social

Uma operação da Polícia Federal de combate ao crime de peculato, ocorrida na manhã desta sexta-feira (29), recuperou notebooks furtados de um posto de atendimento do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), no município de Vitória da Conquista, no sudoeste do estado.

De acordo com a PF, os equipamentos foram localizados com um técnico de informática do próprio órgão, que tinha atuado na desmontagem do posto de atendimento, que ocorreu no mês de maio. À época, o TRE-BA identificou o sumiço de cinco notebooks e de um print server (servidor de impressão).

Após investigação, a PF cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do técnico de informática, por meio de autorização expedida pelo juiz da 2ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Vitória da Conquista.

No imóvel, a PF conta que localizou dois dos cinco computadores desaparecidos. A corporação detalha que um servidor investigado já estava anunciando pelo menos um dos equipamentos à venda pela internet, em uma página de uma rede social.

A polícia suspeita que os demais equipamentos, que não foram localizados na “Operação Venda Furada”, tenham sido vendidos. Por isso, alerta que as pessoas que possam ter comprado os aparelhos com a etiqueta de tombo “TRE” ou com o adesivo “CBTEC”, faça a entrega dos materiais na sede da Polícia Federal, em Vitória da Conquista.

Com a devolução espontânea, a polícia afirma que não há responsabilização pelo crime de receptação qualificada.

O servidor investigado não foi preso, mas foi indiciado pela prática dos crimes de peculato e receptação qualificada. Ainda não informações sobre possível exoneração do servidor. O nome dele não foi divulgado.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Vídeo mostra pisão de touro que matou peão durante rodeio em SP

Compartilhe em sua Rede Social  Edson Oliveira de Souza, de 28 anos foi atingido no …