Página Inicial / Brasil / Brasil: Enfermeira e marido são assassinados e filha sobrevive ao se fingir de morta

Brasil: Enfermeira e marido são assassinados e filha sobrevive ao se fingir de morta

Compartilhe em sua Rede Social

Um casal foi morto a tiros, na noite desta terça-feira, em Magé, na Baixada Fluminense. Bandidos em um carro pararam em frente à casa da enfermeira Viviane Santos Alves Araújo, de 43 anos, e do marido dela, Claudicínio Capistrano de Araujo, de 63, na Rua 1, no bairro Vila Esperança.

Encapuzados, dois criminosos saltaram do veículo, invadiram a residência e atiraram contra o casal. Os dois morreram no local.

A filha do casal, de 16 anos, também foi ferida. Atingida numa das mãos, no ombro e no rosto, ela fingiu estar morta e conseguiu escapar.

A jovem foi primeiro socorrida por vizinhos para o Hospital municipal de Magé — onde a mãe trabalhava — e depois transferida para o Hospital estadual Adão Pereira Nunes em Saracuruna, Duque de Caxias, também na Baixada. Ainda não há informações sobre o estado de saúde da jovem.

De acordo com informações da polícia, Viviane e o marido já haviam sofrido ameças por parte de um bandido da região. A enfermeira tinha uma anotação criminal por ameaça e outra por injúria. Já o marido tinha uma anotação por ameaça.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF). Os corpos de Viviane e do marido foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Duque de Caxias.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Crime brutal de evangélico em Itabuna foi arquitetada por ex da namorada da vítima

Compartilhe em sua Rede Social  O evangélico foi morto a tiros, por três suspeitos que …