Página Inicial / Brasil / PM agride paciente com braço imobilizado em hospital público do DF; veja vídeo

PM agride paciente com braço imobilizado em hospital público do DF; veja vídeo

Depois da repercussão de um vídeo em que um policial militar aparece agredindo um paciente que estava com o braço imobilizado e a clavícula quebrada no Instituto Hospital de Base do Distrito Federal, o agente foi afastado da corporação.

Ao portal UOL, o mototaxista Aldinei José Ferreira da Silva, de 41 anos, que aparece nas imagens levando um tapa do PM, disse que se envolveu em um acidente de moto e foi andando até a uma unidade do Corpo de Bombeiros para pedir ajuda.

Quando chegou na corporação, ele informou o acontecido e pediu para que o transportassem até o hospital. Um bombeiro o teria levado até a unidade de saúde. Ao chegar no hospital, o paciente afirmou que foi mal recepcionado por um agente da PM, que o teria recebido de forma agressiva.

“Eu estava imobilizado, com a clavícula quebrada, só queria ser atendido. Se eu tivesse desacatado, era só me dar voz de prisão, mas eu não fiz nada”, disse Silva, que afirmou ainda ter levado “outros dois tapas” do soldado, “antes dos pacientes filmarem” a agressão que circulou nas plataformas digitais. Assista:

Em nota, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que, após ser trazido pelo bombeiro, o mototaxista entrou no hospital em “estado alterado” e precisou ser contido pelo policial militar plantonista.

“Diante da situação, o policial militar plantonista abordou o paciente e solicitou que ele se tranquilizasse. O homem não obedeceu a ordem e teve início a uma discussão”, afirmou a Secretaria.

A Polícia Militar disse que o agente que aparece no vídeo está sendo alvo de uma investigação interna da corporação para averiguar a conduta do mesmo. // G1 DF

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Professor universitário é baleado durante assalto em Salvador

Danilo Fortuna foi atingido na região do abdômen após ter o celular roubado por suspeitos …