Página Inicial / Brasil / Sinistro: Homem é atropelado, foge de hospital e morre após ser novamente atropelado

Sinistro: Homem é atropelado, foge de hospital e morre após ser novamente atropelado

O paraibano Edvaldo Monteiro da Silva, de 33 anos morreu após ser atropelado pela segunda vez no mesmo dia na Paraíba.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o primeiro incidente ocorreu na manhã de terça-feira (10), em Campina Grande. A vítima foi socorrida para um hospital da cidade, mas fugiu antes de receber alta médica e foi atropelada novamente no fim da tarde.

Como apurado pelo UOL, os dois motoristas fugiram dos locais dos acidentes sem prestar socorro a vítima. Eles ainda não foram identificados.

Chovia no momento do segundo acidente, que ocorreu na altura do km 161 da BR-230. Testemunhas contaram à polícia que viram Edvaldo deixando o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, onde ele estava internado na ala cirúrgica.

O diretor-geral do hospital contou ao site que o paciente teve uma crise de abstinência alcoólica, retirou a identificação e disse aos funcionários do hospital que era acompanhantes.

“O paciente retirou a pulseira de identificação, foi abordado pelo apoio e mentiu dizendo que era acompanhante. Ele teria arrancado o dreno de tórax e soro após agitar-se em função de uma síndrome de abstinência alcoólica”, explicou.

A irmã de Edvaldo o acompanhava no hospital. Ele aproveitou para fugir quando ela saiu para jantar. // Noticias ao Minuto

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Salvador: Consultor da Vivo morre após ser baleado em perseguição policial

Amigos estão intrigados e tentam entender o que aconteceu. A jovem que estava com Márcio …