Página Inicial / Bahia / Suspeito de matar sargento da PM em Eunápolis é morto em ação policial

Suspeito de matar sargento da PM em Eunápolis é morto em ação policial

Compartilhe em sua Rede Social

Mais um acusado de participação no assassinato do sargento Françual Manoel Santos foi morto em uma troca tiros com a Polícia Militar, no início da tarde deste sábado (07), no distrito de Pindorama, em Porto Seguro.

Pedro Vinícius dos Santos, 22 anos, o Bochecha, estava em uma moto, juntamente com um comparsa. Segundo o major Anacleto França, comandante do 8º Batalhão, aos ver a aproximação dos policiais, os dois suspeitos saíram correndo, pulando as cercas de várias casas.

Enquanto corriam, eles atiravam nos policiais. Bochecha foi alvejado e caiu dentro do banheiro de uma casa. Ele ainda chegou a ser levado para o Hospital Luís Eduardo Magalhães, mas não resistiu.

O comparsa dele conseguiu fugir. Foram apreendidas uma pistola calibre 380 e uma motociclista roubada. A identidade de Bochecha só foi descoberta no hospital, pois ele possui diversos mandados de prisão decretados pela justiça.

De acordo o Giro em Ipiaú, o sargento morreu, no dia 3 de fevereiro, após uma troca de tiros, durante operação policial, em um trecho da BR-101.

Segundo a Polícia Civil, o sargento Françual Manoel Santos, de 48 anos, realizava rondas na região com outros PMs, quando se aproximaram de um carro onde estavam quatro suspeitos. Os homens atiraram contra os policiais, que revidaram. Na troca de tiros, de acordo com a polícia, o sargento e um dos suspeitos foram atingidos.

O sargento chegou a ser socorrido e foi levado para o Hospital Regional de Eunápolis, mas não resistiu aos ferimentos. O suspeito baleado morreu no local do confronto.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Bandidos obrigam passageiros de coletivo a descerem e ateiam fogo no ônibus em Vitória da Conquista

Compartilhe em sua Rede Social  O ônibus coletivo estava lotado, quando os bandidos invadiram e ordenaram …