Página Inicial / Bahia / Bahia tem cerca de 9 estupros por dia, diz Anuário Brasileiro de Segurança Pública

Bahia tem cerca de 9 estupros por dia, diz Anuário Brasileiro de Segurança Pública

Compartilhe em sua Rede Social

A edição de 2018 do Anuário Brasileiro de Segurança Pública apontou que a Bahia teve, em 2017, aproximadamente 9 estupros por dia e pelo menos uma tentativa. Com 3.270 registos pelo estudo, a Bahia concentraria 5% dos casos de violência sexual do país. O estado do Nordeste aparece no ranking em 8° lugar com maior número de atentados, perdendo para São Paulo (11.089 casos), Minas Gerais (5.199), Paraná (4.952), Rio de Janeiro (4.952), Rio Grande do Sul (4.373), Santa Catarina (3.993) e Pará (3.334).

Para o montante de dados, o anuário classificou como “estupro” o que a caracteriza a Lei Federal 12.015/2009, ou seja, além de conjunção carnal, foram contabilizados atos libidinosos e atentados violentos ao pudor. Nas tentativas de estupro, passou a valer também tentativas de atentado violento ao pudor.

Em relação a 2016, ainda segundo o anuário, a Bahia assistiu a um crescimento no número de estupros. Foram 2.845 contra 3.270 em 2017, o que representa um aumento de 13%. Nas tentativas o aumento foi de 366 casos em 2016 para 416 em 2017, aumento de 14%. Roraima, Acre e Rio Grande do Norte são os estados brasileiros com menos casos de estupro: Foram 193, 210 e 213, em 2017, respectivamente.

A base de dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública levou em consideração informação de Secretarias Estaduais de Segurança Pública e  Defesa Civil, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Em frente ao Fórum de Encruzilhada, professores de Ribeirão do Largo cobram cumprimento de Liminar favorável desde 2017

Compartilhe em sua Rede Social  Segundo a diretoria do sindicato eles estão em busca da …