Página Inicial / Bahia / Acusado de arrancar cabeça de travesti em SP é morto na zona rural de Ibirataia

Acusado de arrancar cabeça de travesti em SP é morto na zona rural de Ibirataia

Compartilhe em sua Rede Social

 

Almir foi preso em junho de 2013 e era acusado de matar, arrancar a cabeça e queimar o corpo de um travesti na cidade de Mairiporã, estado de São Paulo…

 

Um homem de 38 anos, identificado como Almir Calixto dos Santos foi encontrado morto dentro de sua residência na tarde deste domingo (14), na região da Curindiba, zona rural entre as cidades de Ibirataia e Ibirapitanga.

O homem foi encontrado por seu sobrinho. Ele informou que escutou apenas o barulho de um tiro. Ao chegar ao imóvel deparou-se com seu tio despido e já sem os sinais vitais. Almir foi preso em junho de 2013 e era acusado de matar, arrancar a cabeça e queimar o corpo de um travesti na cidade de Mairiporã, estado de São Paulo.

O Departamento de Política Técnica foi ao local e informou que o tiro possivelmente foi disparado por uma espingarda. O sobrinho da vítima não soube informar sobre o possível autor do crime. A Polícia Civil investigará o caso.

Conteúdo reproduzido do blog Ocorrência Policial

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Vídeo mostra momento em que policial militar é baleado no rosto e morto em Salvador

Compartilhe em sua Rede Social  Um policial militar Everaldo Costa Júnior, lotado na 16 Companhia …