Página Inicial / Brasil / Família descobre estupro após menino de 8 anos dizer que iria ter um bebê

Família descobre estupro após menino de 8 anos dizer que iria ter um bebê

Compartilhe em sua Rede Social

Estoquista, de 39 anos, confessou o estupro à polícia, que localizou arquivos de pornografia infantil no celular dele. Caso ocorreu em Cubatão…

 

O estoquista Gerivaldo Andrade do Espírito Santo, de 39 anos, foi preso pela Polícia Civil em Cubatão (SP), após estuprar um menino de oito anos. O crime foi descoberto depois que a criança, assustada, disse aos pais que “nasceria um bebê” da barriga dele.

As investigações foram realizadas pela equipe da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade, assim que o caso foi comunicado e registrado. O menino foi submetido a exames no Instituto Médico Legal (IML), que confirmaram, preliminarmente, o abuso sexual.

“A família estava reunida, no domingo de eleições, quando o menino comentou com os pais que um bebê iria sair da barriga dele. Eles conversaram com o filho, que disse o que havia acontecido no dia anterior”, contou a delegada Mayla Ferreira Hadid, titular da DDM.

Segundo informações apuradas pela polícia, o estupro ocorreu em uma casa vizinha à da vítima. “Gerivaldo trabalha como cuidador de idosos aos fins de semana e, nessa residência, vive um conhecido da família do menino, que foi até lá e acabou surpreendido pelo homem”, completa.

O relato, junto com o laudo do IML, sustentou as ordens de prisão temporária, válida por 30 dias, e de busca e apreensão autorizadas pela 1ª Vara Criminal de Cubatão, a pedido da Polícia Civil. Os mandados foram cumpridos com apoio dos policiais dos três distritos da cidade.

A operação foi divulgada nesta quinta-feira (11). Gerivaldo, que até então não tinha passagem criminal, foi encontrado no lugar de trabalho, em uma loja na região central de São Vicente, cidade vizinha. “Ele não resistiu. Em depoimento, confessou o crime”, afirma a delegada.

A ordem de busca e apreensão era para a residência do suspeito, no bairro Vila dos Pescadores, em Cubatão. “Encontramos e apreendemos o celular dele, que tinha imagens de pornografia infantil. Ele alegou que era de grupos de WhatsApp. Registramos o flagrante pelo armazenamento desse conteúdo”, finaliza.

O estoquista é natural de Sergipe e se mudou para o litoral paulista em 2016. Além do celular, na casa dele foram apreendidos objetos que serão submetidos a análise, e a polícia investiga a existência de possíveis outras vítimas. Gerivaldo foi encaminhado à Cadeia Pública.

G1

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Ibope, 2º turno: Bolsonaro tem 59%, Haddad: 41%

Compartilhe em sua Rede Social A pesquisa, encomendada pelo jornal O Estado de S.Paulo e …