Página Inicial / Bahia / Jornalista esportivo é agredido com soco no rosto em Itapetinga 

Jornalista esportivo é agredido com soco no rosto em Itapetinga 

Compartilhe em sua Rede Social

Tudo começou, segundo Lucas, depois que ele utilizou o seu programa de rádio para divulgar as notícias do mundo esportivo, que preciso fez elogios e críticas a seleção de Itapetinga…

 

Resultado de imagem para JORNALISTA ESPORTIVO É AGREDIDO POR SERVIDOR DA PREFEITURA DE ITAPETINGA

O jornalista Lucas Aguiar procurou o Complexo Policial de Itapetinga, na noite desta sexta-feira (19), após ter sido agredido verbalmente e fisicamente durante uma confusão minutos antes em uma lanchonete, nas proximidades do Estádio Primaverão. Conforme o comunicador, a acusação é contra o treinador da seleção de Itapetinga e um vigilante do próprio estádio. Este último, inclusive, já tem um histórico de agressão contra a imprensa e outros profissionais.

Tudo começou, segundo Lucas, depois que ele utilizou o seu programa de rádio para divulgar as notícias do mundo esportivo, que sempre que preciso fez elogios e críticas a seleção de Itapetinga. A denúncia mais recente foi com relação ao atraso do pagamento do salário dos jogadores. O olhar crítico da imprensa nas atitudes tomadas pelo o técnico e atuação dos jogadores não tem agradado os responsáveis pela a seleção.

O jornalista informou ainda que marcou um encontro com o técnico (Marcos Correia) justamente para convidá-lo a participar do seu programa esportivo na Rádio Cidade FM. No entanto, ele apareceu de forma violenta e, na companhia de várias pessoas, dentre elas, o vigilante do estádio, lotado na Secretaria de Esportes e Lazer da prefeitura. Durante as agressões verbais, o servidor público (Caio Ribas) desferiu um soco contra o rosto do comunicador, que teve os óculos quebrados.

O crime aconteceu em via pública, na frente de várias pessoas, que conseguiram impedir que as agressões continuassem. Uma equipe da Polícia Militar passava pelo local e acalmou a situação, aconselhando a vítima a registrar um Boletim de Ocorrência.

O servidor público não foi detido e conduzido para a delegacia porque já havia deixado o local quando os policiais chegaram. Mas, não vai escapar da Polícia Civil, pois será intimado e responsabilizado pelo ocorrido, após a devida comprovação.

Lucas passará por exame de corpo delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT), pois apresenta um inchaço no local atingido pelo o soco. Toda a documentação deverá ser  utilizada também pelo advogado da vítima na ação que pretende mover contra os acusados.

No vídeo a seguir, você confere uma breve entrevista com a vítima e também com uma testemunha do caso, o jornalista Tito Rocha.

 

Sobre o caso, a secretária municipal de esportes de Itapetinga, Eliene Portella disse que o órgão não tem nada haver com o acontecido, porque foi um assunto pessoal entre os envolvidos.

A lei

Art. 220 da Constituição. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo, não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição.

  • 1º Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV.
  • 2º É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.
Fonte Itapetinga Repórter

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Jogador Itambeense é convocado pelo time do Vitória da Conquista para disputar o Baianão 2019

Compartilhe em sua Rede Social  Fagner irá se apresentar dia 17 de dezembro, juntamente com …