Página Inicial / Mundo / Deputada se desespera ao saber do assassinato da filha durante sessão do Congresso; Vídeo

Deputada se desespera ao saber do assassinato da filha durante sessão do Congresso; Vídeo

Compartilhe em sua Rede Social

 

Jovem teria sido confundida com outra mulher; país já ultrapassou a marca de 22 mil homicídios neste ano…

 

Resultado de imagem para Deputada descobre em plenário que a filha foi assassinada e sessão é suspensa

A epidemia de homicídios que atinge o México deve fazer de 2018 o ano com mais crimes do tipo na História do país. Nesta quinta-feira, mais uma lembrança atroz se juntou à memória coletiva da dor. A Câmara dos Deputados suspendeu sua sessão minutos depois que a parlamentar Carmen Medel soube por telefone do assassinato de sua filha, Valeria Cruz Medel, de 22 anos, em Ciudad Mendoza, no estado de Veracruz.

Jornais locais informaram que um homem armado entrou em uma academia na tarde de ontem e abriu fogo contra Valeria Cruz. O ataque aconteceu a poucos metros da sede do governo municipal de Ciudad Mendoza. O corpo da menina de 22 anos, estudante de medicina da Universidade Veracruzana, tombou entre os pesos e equipamentos de ginástica. Veracruz já superou a marca de mil homicídios neste ano.

Segundo o prefeito da cidade, Miguel Linares, a menina teria sido confundida com outra mulher, esta envolvida com o crime organizado. As duas frequentariam a mesma academia. Mais tarde, de acordo com Linares, a polícia recebeu uma chamada anônima dizendo que os criminosos estariam em uma caminhonete. A partir da descrição, os agentes foram capazes de fazer um retrato falado e identificar um dos suspeitos de ter sido o autor dos disparos que mataram a garota como “El Richy”. Ele foi encontrado morto horas depois dentro do veículo.

Depois de receber o telefonema, a deputada Medel, do Movimento Nacional de Regeneração (Morena), partido do presidente eleito Andrés Manuel López Obrador, sofreu um colapso nervoso. Começou a gritar de dor e desespero, batendo a mão nas cadeiras vizinhas, o que levou o presidente da Câmara a pedir um recesso e a solicitar a atenção dos serviços de emergência.

A interrupção se tornou um episódio viral que permitiu a muitos mexicanos presenciarem a tragédia que dezenas de cidadãos anônimos vivem em um país que já ultrapassou os 22 mil homicídios neste ano (ainda assim, a taxa de homicídios mexicana em 2016, de 20 a cada 100 mil habitantes, foi bem menor que a brasileira, de 30 a cada 100 mil).

Porfírio Muñoz Ledo, presidente da Câmara dos Deputados, encerrou a sessão minutos depois. O trabalho legislativo será retomado na terça-feira, 13 de novembro.

A tragédia afetou a família da deputada Medel no momento em que o presidente eleito, Andrés Manuel López Obrador, definia os detalhes de seu plano de segurança, que será divulgado na quarta-feira, 14 de novembro. Essa proposta será o primeiro passo do novo governo para acabar com um fenômeno que nesta semana entrou furtivamente no Congresso mexicano para tirar mais uma vida.

O Globo

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Itapetinga: Jovem de 19 anos é encontrado morto no Rio Catolé

Compartilhe em sua Rede Social  O corpo de um homem foi encontrado boiando nas águas …