Página Inicial / Educação / Itororó: sem recursos nem para a folha, prefeitura pode usar dinheiro do precatório do FUNDEF

Itororó: sem recursos nem para a folha, prefeitura pode usar dinheiro do precatório do FUNDEF

Compartilhe em sua Rede Social

 

O município recebeu o total de R$ 24 milhões do precatório, e até o momento  não tinha utilizado  esse recurso…

 

A câmara de vereadores de Itororó aprovou uma suplementação de mais de R$ 2 milhões para a prefeitura usar o dinheiro do precatório do FUNDEF. Pela a emenda a prefeitura estaria autorizada a pagar salários e 13º dos profissionais da educação do município.

O município recebeu o total de R$ 24 milhões do precatório, e até o momento  não tinha utilizado  esse recurso.

Os precatórios têm origem em erros de cálculos da União ao efetuar os repasses da complementação do Fundef – atualmente Fundeb– a estados e municípios. O passivo acumulado no período entre 1998 e 2006 chega a R$ 90 bilhões.

De acordo o blog Políticos Sul da Bahia, o prefeito Adauto Oliveira (PSDB) declarou que está aguardando um parecer jurídico: “A câmara aprovou a suplementação, mas estou aguardando o parecer jurídico para tomar a decisão”, declarou o prefeito.

Vale lembrar a utilização deste recurso está sendo um grande problema, pois não tem um macro regulatório. Prova disso que a Câmara dos Deputados já debateu sobre o uso dos recursos de precatórios do Fundef para pagar a remuneração, passivos trabalhistas ou bônus de professores e outros profissionais da educação.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Itapetinga: Jovem de 19 anos é encontrado morto no Rio Catolé

Compartilhe em sua Rede Social  O corpo de um homem foi encontrado boiando nas águas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.