Início Brasil Pastor é preso por suspeita de mandar matar a ex-nora em SP

Pastor é preso por suspeita de mandar matar a ex-nora em SP

Por Reginaldo Spínola

 

Todos os dias muitos crimes acontecem por todo o Brasil, mas alguns costumam repercutir mais do que outros devido às pessoas envolvidas. É o que está acontecendo na cidade de Mogi das Cruzes, em São Paulo.

Na última quarta-feira (23), a Polícia Civil da cidade prendeu Adir Neto Teodoro. O homem é suspeito de mandar matar a ex-nora, Mirele Peixoto, de 22 anos. O corpo da jovem foi encontrado no dia 15 de janeiro em uma área de mata na beira da Estrada do Taboão.

Ele afirma não ter matado Mirele e disse que só falaria em juízo durante depoimento prestado na Delegacia Seccional de Mogi das Cruzes.

Resultado de imagem para BOMBA: Pastor é preso por suspeita de mandar matar ex-nora de apenas 22 anos em SP

A polícia acredita que o pastor tenha mandado matar Mirele e outra pessoa executou o crime. As investigações prosseguem para tentar descobrir a motivação. O delegado Rubens José Ângelo, responsável pelo Setor de Homicídios de Mogi, acredita que isso tenha ocorrido por conta de desentendimentos com a vítima.

A polícia também informou que a vítima foi casada por dois anos com um filho de Adir. A separação informal aconteceu há seis meses. Deste relacionamento, nasceu uma criança que tem apenas oito meses de vida.

Prisão temporária

A Justiça decretou a prisão temporária do pastor e ele vai responder por homicídio triplamente qualificado (dificultou defesa da vítima, feminicídio e meio cruel, já que Mirele morreu com um tiro na nuca) e também ocultação de cadáver.

Informações: Jornal do País


Related Articles

Deixe um comentário