Página Inicial / Bahia / Morre no HGVC, criança de 2 anos baleada dentro de casa em Macarani 

Morre no HGVC, criança de 2 anos baleada dentro de casa em Macarani 

Compartilhe em sua Rede Social

 

Um menino de 2 anos morreu na madrugada deste domingo (17), no hospital de Base Vitória da Conquista, após ser baleado na cidade de Macarani, distante 45 quilômetros de Itapetinga. O caso aconteceu por volta das 21h desse sábado (16), no bairro Majorie Parque, localidade também conhecida como “Iraque”.

Segundo a Polícia Civil, responsável pelas as investigações do caso, o tiro que matou a criança foi disparado dentro do quarto da casa dos pais do menino. Tudo aconteceu quando um casal de adolescentes e a mãe da criança (maior de idade) estavam manuseando uma garrucha calibre 22.  E ao passar a arma de uma mão para a outra, o gatilho foi acionado, atingindo a cabeça da criança.

Vitor Manoel foi socorrido  e levado para Vitória da Conquista  por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

As informações apuradas dão conta que a Polícia Militar de Macarani, na noite do mesmo dia, conduziu e apresentou no  Complexo Policial de Itapetinga o casal responsável pela garrucha. A arma também foi apresentada pelos policiais e posteriormente encaminhada para perícia.

Os acusados prestaram depoimento e foram liberados em seguida da delegacia. Eles vão responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, além de posse ilegal de arma de fogo.

A mãe da vítima será chamada para prestar esclarecimento. Ela não foi levada para a delegacia porque estava acompanhando a vítima no hospital.

O pequeno Vitor morava com a mãe e avó materna no local onde aconteceu o caso. O corpo dele foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) em Vitória da Conquista e depois do exame de necropsia liberado para os familiares.

Fonte: Itapetinga Repórter TV

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Itororó: Policia desvenda caso e prende acusado de matar adolescente grávida por vingança

Compartilhe em sua Rede Social  A polícia militar e civil de Itororó, sob a coordenação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.