Página Inicial / Bahia / Pais querem R$ 10 mil do Hospital Esaú Matos por levarem o bebê errado para casa em Vitória da Conquista

Pais querem R$ 10 mil do Hospital Esaú Matos por levarem o bebê errado para casa em Vitória da Conquista

Compartilhe em sua Rede Social

 

O Município de Vitória da Conquista é Réu numa ação movida por pais que levaram o seu bebê para casa. O fato aconteceu em junho do ano passado e foi divulgado no Diário Oficial da Justiça do Estado da Bahia desta quarta-feira (27).

“A situação em que a Autora e seu esposo, segundo Requerente, foram submetidos era vexatória, pois a condição do quarto em que ficou internada era totalmente precária, com paredes com mofada em quase sua totalidade, cheia de fungos, com camas e lençóis sujos, o banheiro sem qualquer condição de uso, oferecendo claros riscos à saúde da paciente e de sua filha que estava por nascer. Felizmente o parto ocorreu sem alteração.   Dois dias após o parto, a Requerente teve alta juntamente com a criança por volta das 22h, inclusive sob questionamento dos Autores, tendo em vista que já estava muito tarde e os dois teriam dificuldades para se descolarem até sua residência. Entretanto, assim aconteceu.  Ocorre que, após chegarem em sua residência, funcionários do hospital ligaram para os Autores, por volta de 3h da manhã, informando que os mesmos deveriam retornar com a criança para o hospital, pois a alta médica foi dada a criança errada. Porém os Autores informaram que o retorno não seria possível naquele momento, em face ao adiantado da hora, e, mesmo diante do erro grosseiro do hospital, os Autores ainda foram absurdamente ameaçados de serem denunciados à Polícia e Conselho Tutelar.  Na manhã seguinte, após a ligação do hospital, os Autores notaram que a documentação que eles receberam, na verdade não correspondia ao prontuário médico de sua filha, mas sim de outro recém-nascido”, diz o processo.

O Réu deverá apresentar resposta no prazo de quinze dias, contado na forma da lei, sob pena de revelia. O valor da causa é de R$ 10 mil. A Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista ainda não se manifestou sobre o assunto que é alvo de uma Sindicância Administrativa.

Fonte: Blog do Anderson

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Ambulância da Via Bahia é atingida por carreta na BR 116, em Conquista; uma pessoa morreu

Compartilhe em sua Rede Social  Um grave acidente foi registrado no final da manhã deste …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.