Página Inicial / Bahia / Bahia: Professora é assassinada enquanto dormia; ex confessa crime por ciúmes

Bahia: Professora é assassinada enquanto dormia; ex confessa crime por ciúmes

Compartilhe em sua Rede Social

 

Uma professora de 42 anos foi encontrada morta, dentro de um dos quartos de uma pousada, na manhã de sexta-feira (12), na cidade de Alagoinhas, a cerca de 125 km de Salvador.

A mulher foi identificada como Marilene Batista, de 42 anos, professora, e foi vítima de feminicídio.  A vítima foi morta com golpes de canivete no pescoço pelo ex-companheiro, Carlos Bonfim Queiroz, que se hospedou com ela no estabelecimento. O crime chocou os moradores da cidade.

Segundo a polícia, Carlos Bonfim teve o mandado de prisão temporária cumprido no domingo (14), em Alagoinhas, depois de ser localizado em um bar, no bairro Sítio Matias.

De acordo com a titular da delegacia de Alagoinhas, Amanda Brito, que investiga o caso, Carlos confessou o crime e alegou que matou a ex-companheira por ciúmes. Segundo a polícia, Marilene foi assassinada enquanto estava dormindo.

O homem foi levado pela Polícia Militar para a Central de Flagrantes de Feira de Santana. Ele será encaminhado para o sistema prisional, onde vai permanecer à disposição da Justiça.

G1

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Barco pesqueiro desaparece com cinco pessoas no sul da Bahia; Marinha faz buscas

Compartilhe em sua Rede Social Um barco pesqueiro com cinco tripulantes desapareceu na costa da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.