Página Inicial / Bahia / Conquista: Conselho de odontologia denuncia estudante por atuação irregular e jovem comenta na web: ‘Toda vez que falam eu fico mais rico’

Conquista: Conselho de odontologia denuncia estudante por atuação irregular e jovem comenta na web: ‘Toda vez que falam eu fico mais rico’

Compartilhe em sua Rede Social

O Conselho Regional de Odontologia (CRO) denunciou um estudante da área que estaria atuando como dentista de forma irregular, em uma clínica em Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia.

De acordo com o CRO, o estudante – identificado como Henrico Almeida – não poderia exercer a profissão, mas tem postado várias fotos em redes sociais, onde aparece atuando como dentista. O conselho informou ainda que várias pessoas procuraram o órgão para denunciar o rapaz.

Em um vídeo, o conselheiro do CRO, José Mário Gomes de Melo, falou que tomou conhecimento de várias irregularidades cometidas pelo estudante e que está tomando as medidas cabíveis contra o exercício ilegal da profissão.

 “O Conselho Regional de Odontologia está ciente de algumas irregularidades que estão acontecendo no interior da Bahia. Estamos tomando várias medidas contra o exercício ilegal da profissão. Estamos agora adotando, em Vitória da Conquista especialmente, contra um estudante de odontologia, o acadêmico Paulo Henrico Almeida, que está exercendo ilegalmente [a profissão]. Ele não é cirurgião dentista, ele não é registrado no conselho, ele não pode exercer e não pode realizar procedimentos. Já demos entrada no Ministério Público e estamos aguardando as medidas possíveis, judiciais e cíveis, contra esse estudante que está exercendo ilegalmente a profissão”, disse José Mário.

O conselheiro destacou ainda que cirurgiões-dentistas que acobertam o exercício ilegal da profissão também cometem infração.

“O Conselho Regional alerta que comete infração ética, o cirurgião dentista habilitado, registrado no conselho, que acoberta o exercício ilegal da profissão por parte de qualquer pessoa, seja ela estudante de odontologia ou não. Se não estiver registrado no conselho, não pode realizar procedimentos”, explicou.

O CRO registrou um boletim de ocorrência contra Henrico na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Itabuna, no sul do estado, depois que uma senhora denunciou o estudante. Além disso, um Termo de Apresentação de Queixa também foi registrado na mesma cidade, depois que outra pessoa declarou ao conselho ter sido prejudicada pelos procedimentos realizados por Henrico.

À TV Sudoeste, afiliada da TV Bahia em Vitória da Conquista, Henrico disse, por telefone, que não atua como dentista, e que é estudante e dono da clínica. No seu perfil em rede social, no entanto, ele se autointitula doutor e oferece serviços de implantes dentários, lentes de contato dentárias, bem como aplicação de botox e ácido na biografia da rede.

No mesmo perfil, Henrico compartilha fotos de procedimentos sendo realizados. Depois da denúncia do CRO, ele compartilhou mensagem nas redes sociais em que diz que está sendo apedrejado porque está entre os melhores. “Toda vez que vocês falam de mim, eu fico mais rico”, diz um trecho do post. [Veja publicação abaixo]

Ele diz ainda que gosta da fama e da ascensão e que, enquanto as pessoas denunciam, ele está comprando vários apartamentos em Miami, nos Estados Unidos.

G1

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Itapetinga: Homem agride esposa, depois reage à prisão e é baleado pela polícia

Compartilhe em sua Rede Social  Um homem de 25 anos acusado de espancar a própria …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.