Página Inicial / Bahia / Itapetinga: Fundação José Silveira acumula dívida de 200 mil em contas de água

Itapetinga: Fundação José Silveira acumula dívida de 200 mil em contas de água

Compartilhe em sua Rede Social

 

Desde que assumiu a direção do Hospital Cristo Redentor, a Fundação José Silveira, não tem pago pela água que consome, com isso acumulou uma dívida de cerca de 200 mil reais junto ao SAAE.

O SAAE tentou viabilizar um acordo para que o débito fosse parcelado, porém não obteve o êxito desejado. Talvez você caro leitor posso estar se perguntando o motivo pelo qual o fornecimento de água não foi interrompido.

Isso ocorre porque uma lei federal proíbe que serviços essenciais tenham o fornecimento interrompido por falta de pagamento. Essa lei é aplicada sobre setores da saúde, educação, segurança pública e proteção a criança e adolescente.

A FJS é desorganizada na gestão de seus recursos financeiros, prova disso é que possui mais de 1,5 milhões de aluguel, cerca de 200 mil reais de água e estima-se que o valor do débito em energia seja superior a 700 mil reais. Juntos, os valores de aluguel, água e luz, chegam a soma aproximada de 2,4 milhões de reais.

Isto sem citar médicos que deixaram de realizar atendimentos em função de levarem mais de 90 dias para receber seus honorários. Segundo informações que obtivemos de alguns destes profissionais, até hoje persistem situações de valores à serem recebidos, isto após estes profissionais terem deixado de laborar no hospital.

Em entrevista o Dr. Silvio Macedo, também relata sobre a falta de manutenção e reparos na instituição, que segundo o médico, vem enfrentando problemas em sua ala de atendimento particular, uma vez que o usuário ao ver a situação das acomodações desiste de dar entrada no hospital.

Casos como ar condicionado quebrado, banheiro em condições inadequadas de utilização, entre outros fatores, fazem com que os usuários recorram à outras cidades para buscar atendimento. Dr. Silvio, acrescentou que a ala particular antes da chegada da fundação era responsável pelo pagamento da folha de vencimentos dos colaboradores do hospital.

Diante deste quadro, fica muito difícil compreender onde estão sendo aplicados os recursos arrecadados.

Café no Bule

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

DPT é acionado para periciar feto de 6 meses dentro de residência em Itambé

Compartilhe em sua Rede Social  Por volta de 10:00h de hoje, (20), a Guarda Municipal …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.