Página Inicial / Brasil / Tragédia: Comissário da Polícia Civil mata namorada à tiros e depois tira a própria vida

Tragédia: Comissário da Polícia Civil mata namorada à tiros e depois tira a própria vida

Compartilhe em sua Rede Social

 

Uma mulher de 34 anos foi assassinada por volta das 10h da manhã de segunda-feira (24/06), dentro de casa, pelo companheiro. Segundo os vizinhos, os dois teriam tido uma discussão acalorada, e, em seguida, eles escutaram o som dos disparos.

A mulher atingida por vários tiros, deixa um filho de cinco anos, de outra relação. Paulo Rogério Molinos, responsável pelo crime, era comissário da polícia civil e tinha 53 anos. Após o crime ele tirou a própria vida com um tiro na cabeça. O crime aconteceu no município de São BorjaMilitar foi acionada, mas, até chegar no local, o casal já estava sem vida.

Sobre Reginaldo Spínola

Postagem em destaque

Jogador do Botafogo sofre parada cardíaca durante treino no Rio de Janeiro

Compartilhe em sua Rede Social  O atacante Biro Biro, de 24 anos, sofreu uma parada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.