Início Brasil Tragédia: Três crianças ficam presas em sobrado em chamas e morrem queimadas; Vídeo

Tragédia: Três crianças ficam presas em sobrado em chamas e morrem queimadas; Vídeo

Por Reginaldo Spínola

Três crianças morreram em um incêndio dentro de uma casa na manhã desta sexta-feira (24) em Paraty, na Costa Verde do Rio de Janeiro. As vítimas são irmãos com idades entre quatro e sete anos. O imóvel fica na Rua Primeiro de Maio, no bairro Ilha das Cobras. As informações são do Corpo de Bombeiros.

Até a última atualização desta reportagem, não havia informação sobre o que teria causado o início das chamas, mas não está descartada a possibilidade de que o incêndio tenha sido criminoso. O caso segue em segredo de Justiça.

Quatro pessoas estavam na residência quando o fogo começou. As crianças foram identificadas pela Polícia Militar como Marya Alice de Almeida Santos da Conceição, de 4 anos, Cauã de Almeida Santos da Conceição, de 5 anos, e Marya Clara de Almeida Santos, de 7 anos.

A única sobrevivente é mãe das crianças, identificada como Dara Cristina de Almeida Santos Souza, de 25 anos. Ela foi socorrida e levada para o Hospital Municipal Hugo Miranda, em Paraty. Segundo a unidade médica, a paciente inalou muita fumaça e está entubada, respirando com ajuda de aparelhos. O estado de saúde era grave, mas ela apresentou uma melhora nas últimas horas.

Por segurança, Dara será transferida para um outro hospital da região. O destino não foi divulgado. A transferência será feita ainda nesta tarde e a ambulância será acompanhada por uma escolta da polícia.

O companheiro de Dara, padrasto das crianças, não estava em casa porque tinha saído para trabalhar

Os vizinhos disseram que o incêndio começou por volta das 6h30. Quando perceberam as chamas, houve uma mobilização para tentar salvar as crianças.

“De repente, a gente escutou uma gritaria. Aí a minha esposa acordou, meu filho acordou, também. Minha esposa falou que tava pegando fogo na casa e que tinha criança lá dentro. Meu filho correu junto com os amigos da comunidade para socorrer as crianças. A mulher tava pedindo socorro. E foi aquele alvoroço. O pessoal desesperado, saindo correndo com balde de água, escada, querendo derrubar a parede… Mas, infelizmente, não deu tempo e aconteceu essa tragédia”, contou o vizinho, Cícero da Silva.

Os bombeiros foram chamados às 7h11. As chamas foram totalmente apagadas às 8h30.

Uma equipe da Polícia Civil foi ao local para fazer uma perícia no imóvel. Em seguida, os corpos das crianças foram levados para o Instituto Médico Legal de Angra dos Reis, cidade vizinha.

G1 RJ.

Related Articles

Deixe um comentário