Início Noticias Os Musicais, O Fantasma da Ópera, Moulin Rouge, Chicago e Cats são apresentados pelos alunos do CEGV

Os Musicais, O Fantasma da Ópera, Moulin Rouge, Chicago e Cats são apresentados pelos alunos do CEGV

Por Reginaldo Spínola
Encantada. Assim ficou a plateia que assistiu atenta aos musicais, O Fantasma da Ópera,  Moulin Rouge, Chicago e Cats, produzidos  e apresentados pelos alunos do Centro Educacional Gilberto Viana na noite de quinta-feira, 26, no auditório da própria unidade de ensino. A noite de musicais  é um projeto de autoria do professor de inglês, Alécio Andrade, apoiado por toda a comunidade estudantil do CEGV e pelos artistas da terra, Cristiano Gusmão e Cida Lemos.

 Os  figurinos e o cenário, ricos em detalhes, do Fantasma da Ópera, primeiro musical a ser prestigiado, deu a  dose certa de drama e melancolia que pedia o espetáculo. Já  os talentosos alunos, sob a direção de Cristiano Gusmão, demonstraram desenvoltura e expressão durante a interpretação dos seus personagens. E não poderia ser diferente, uma vez que o peso da responsabilidade era muito grande. O Fantasma da Opera é a produção de entretenimento de maior sucesso da história.  
Moulin Rouge, palavra francesa que em português significa moinho vermelho, é o nome de um filme originário da França, que foi o vencedor em 2003, dos Óscar de melhor direção de arte e melhor figurino. A estória do jovem poeta de Moulin Rouge, que resolveu conhecer e se entregar  ao luxo e ao prazer de Paris foi contada, no CEGV,  pelos personagens principais dos atores, Flávia Gusmão e Nikolas lemos. A direção ficou por conta da coreógrafa Cida Lemos.

A aluna kaiene Oliveira, do 3° ano A, uma das estrelas  do elenco de Moulin Rouge, disse que o resultado final com sucesso total se deve entre outras coisas,  aos ensaios exaustivos e também ao processo de composição dos personagens. “Ensaiamos muito, assistimos a vários vídeos na Internet, em DVD, pesquisamos a história, tudo para elevar o nome da nossa escola”.

Chicago foi o 3° musical apresentado. A cena inicial, tendo a personagem de Graziele Lemos assassinando o personagem de Lousiano Vieira, indicou a linha condutora e temática da peça. A partir daí uma sucessão de novos ataques das ousadas personagens femininas em cima dos personagens masculinos ocorreram. De tão perigosas que elas eram, acabaram indo parar na cadeia, uma das grandes cenas exploradas  pela coreografa Cida Lemos, para ser o mais fiel possível ao espetáculo criado pela Broadway, em 1975.

Em meio a  muros cénicos, caixas e latas de lixo, surgem os gatos do musical Cats, uma obra também dirigida por Cida lemos. Ela abusou dos movimentos corporais dos “dançarinos”, que pareciam brincar nas cenas, tão leves quanto divertidas. O efeito dado pela maquiagem é outro  destaque que evidenciou a minuciosidade com que foi pensado o trabalho.

A diretora do CEGV, Sandra Suely Andrade, o professor responsável pelo evento, Alécio Andrade, na companhia da Gerente da DIREC 14, Professora Cibele e demais professores, acompanharam tudo de perto. Para Sandra Suely, a execução deste tipo de atividade é muito importante. “Os alunos aprendem muito mais. Sem contar que a gente descobre vários talentos assim”, afirmou.

Ao final de todas as exibições,  o silencio cedia lugar  aos aplausos,  em reconhecimento ao potencial artístico dos alunos.

O Centro Educacional Gilberto Viana volta a colocar em cartaz na noite de hoje (28), em seu auditório, os musicais, O fantasma da Opera e Chicago. E no sábado (04/09) é a vez de Moulin Rouge e Cats.
Confira as fotos

Fotos. Fonte: Professor Roque Heine (www.blogdeheine.blogspot.com)
Itambeagora@gmail.com

2 Comentários

Luiz Pedro Passos 2 de setembro de 2010 - 01:26

Vlw Cácio… Obrigado pelo comentário e parabéns pelo trabalho.

O Itambé Agora se fortalece quando você e outras pessoas reconhecem e valorizam o que fazemos. Fico grato mesmo pelas palavras e feliz por saber que o meu "laboratório de experiências", espaço utilizado para que eu possa melhorar e aperfeiçoar a técnica da escrita, está alcançando o seu objetivo a cada dia.

Itambé Agora. Quem acessa, sabe!!!

Anônimo 31 de agosto de 2010 - 23:43

vlw luiz por fazer do nosso trabalho uma das peça chaves do cegv
fico muito honrado por vc lembrar um dos aspecto q a escola traz para a sociedade itambeense
so nos q estava-mos ali todo dia ensaiando e ao mesmo tempo arrumando cenário sabemos as dificuldades
logico q pra mim e para iuri a dificuldade foi maior por participar de duas equipes
mais pra mim e creio q pra ele valeu a pena
um abraço meu brother e continue com esse trabalho magnifico q vc faz de seu amigo
Càcio

Comentários estão fechados.

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade