Início Noticias MECÂNICO É EXECUTADO COM SEIS TIROS DE 38 EM GUANAMBI

MECÂNICO É EXECUTADO COM SEIS TIROS DE 38 EM GUANAMBI

Por Reginaldo Spínola

Alvejado com pelos menos seis tiros de pistola calibre 380,
Giliard Rodrigues Silva, 32 anos, morreu assim que deu entrada no Hospital
Regional de Guanambi por volta das 13:30h desta sexta-feira (14/06). A vítima
estava em frente a um Bar denominado de “Bar de Jú” no Bairro Monte Pascoal,
momento em que dois homens chegaram numa motocicleta e praticaram a execução. Giliard saiu da cadeia havia treze dias, após ficar um ano e
cinco meses preso, acusado de envolvimento no trafico de drogas.

Segundo a polícia na época ele foi preso após receber uma
grande quantidade de drogas do traficante Marcos Aurélio de Souza Santos, vulgo
Negão, que costumava trazer entorpecentes e armas do estado de São Paulo para
repassar na Bahia. Negão foi executado no dia 24 de dezembro de 2011 quando se
dirigia para um churrasco na zona rural do município de Guanambi e a sua
namorada que presenciou a execução, revelou a polícia que antes de morrer ele
tinha passado os entorpecentes para o Giliard que acabou preso no dia 04 de
Janeiro de 2012, revelando que a droga estava guardada na casa do amigo Bruno
Ednon Silva Souza, 25 anos que também foi preso. A polícia apreendeu na época
340 gramas de cocaína prensada, algumas trouxinhas da mesma droga e uma pequena
porção de maconha.
Segundo familiares, Giliard que era mecânico de motocicletas
e já estava trabalhando; buscava uma testemunha naquele local para uma
audiência judicial que ocorreria na próxima segunda-feira.
JJSHOW
– 
Itambeagora@gmail.com

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade