Início Noticias COMOÇÃO E LUTO: ITAMBÉ SE DESPEDE DO PEREGRINO DO AMOR

COMOÇÃO E LUTO: ITAMBÉ SE DESPEDE DO PEREGRINO DO AMOR

Por Reginaldo Spínola
4 Comentários
Faleceu às 12:10h, na madrugada do dia 25 de julho, o Sr.
Antônio Dionízio, “O Peregrino do Amor”, um dos homens mais queridos da cidade.
Sr. Antônio sempre teve a sua vida voltada para a família e
a religião, marcando a sua trajetória de vida sempre dentro dos bons costumes,
pregando a paz e o amor por cada um dos movimentos religiosos em que
participava e sempre foi um bom conselheiro para quem buscava a sua palavra.

A SUA HISTÓRIA
Antônio, “O Peregrino do Amor”, chegou a Itambé no ano 1961,
veio da cidade de Jequié e foi bem acolhido na cidade. Filho de pais adotivos, “Dona
Maria e Sr. Júlio”, seu Antônio passou por momentos muito difíceis ao perder
tão cedo os genitores que sempre os apoiaram e deram muito amor. Com muita fé
em Deus e apoio dos amigos, começou a trabalhar na usina de energia elétrica de
Itambé. Em 14 de janeiro de 1964, Seu Antônio casou-se com Dona Valdete
Oliveira, construindo uma bela família, tendo 9 filhos; Lílian, Eliene, Júlio,
Antônio, Jaildo “Guel”, Evandro, Maria Angélica, Verônica e Matheus. O coração grande
de seu Antônio ainda adotou Maria de Lurdes, acolhida pela família desde os 8
anos de idade.

Também sempre considerou e tratou como filhos, o professor
Nelson Oliveira, Nelito e Nil. Na busca de uma melhor formação para seus
filhos, sempre os ensinou a reverenciar à Deus, criador e autor da vida,
levando-os a catequese.

Desde então, Seu Antônio manteve a sua dedicação a religião,
onde coordenou por muito tempo a Comunidade Santa Rita de Cássia e sempre deu
apoio para outros movimentos. Além de ser cursilhista, ele fez parte do Grupo Vicentino
e foi um dos fundadores do Coral Santa Cecília. Diante de sua vida exemplar,
foi condecorado na Câmara de Vereadores com reconhecimento e indicação da Edil
da época, Asténia Moreira. Entre seus grandes amigos estavam os inseparáveis
Pedro e Targino, sendo o trio conhecido como “Os Três Mosqueteiros”.   
A sua trajetória foi interrompida na madrugada do dia 25-07-2013.
O seu corpo foi velado em sua residência e posteriormente deslocado para a
Igreja Matriz, onde foi realizada missa de corpo presente pelo Padre Edinilton
Oliveira e os Ministros da Eucaristia, Sr. Bio e João Alfredo com a presença
também do Padre Valmir Neves. Os itambeenses se comoveram lotando a Igreja em ato de solidariedade com a família naquele momento de luto e dor.  O seu sepultamento aconteceu no dia 26-06-2013
no cemitério local.

Saudades eternas da família e amigos.

Itambeagora@gmail.com
4 Comentários
0

4 Comentários

cris 1 de agosto de 2013 - 16:52

saudades eternas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo 28 de julho de 2013 - 01:22

Descanse em paz. Voce sempre procurou merecer o amor de Cristo com suahumildade , bondade e grande respeito a todos .

Anônimo 27 de julho de 2013 - 17:28

Muito Linda e Merecida Homenagem.

Vitória Nelma 27 de julho de 2013 - 17:01

Seu Antoizinho da Coelba era assim que carinhosamente o chamava.Lembrarei sempre dos seus conselhos,das suas orações.Que Deus conforte a toda família.Descanse em paz saudoso amigo,seu Antônio Dionísio!!!!!!!!!!

Comentários estão fechados.

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade