Início Noticias DENÚNCIA: MULHER DIZ TER ENCONTRADO RATO NO MACARRÃO INSTANTÂNEO

DENÚNCIA: MULHER DIZ TER ENCONTRADO RATO NO MACARRÃO INSTANTÂNEO

Por Reginaldo Spínola
Uma mulher diz ter encontrado um rato no pacote de macarrão
instantâneo da Nissin. O produto estava no prazo de validade, mas, ao abri-lo,
Mônica da Silva sentiu um cheiro forte. O caso aconteceu em Fortaleza, no
Ceará.
Em nota, a Nissin Ajinomoto Alimentos Ltda informa que
exerce um rigoroso controle de qualidade em todas as etapas de fabricação dos
nossos produtos e aplica as normas de Boas Práticas de Fabricação, recomendadas
pela Vigilância Sanitária em suas fábricas. Procurada pela companhia, a consumidora
não aceitou entregar o pacote para análise.
Veja abaixo o comunicado na íntegra:

“Informamos que recebemos em 28/10/13, por meio do
nosso Serviço de Atendimento ao Consumidor, 0800-727-6020, a reclamação da Sra.
Mônica da Silva Vasconcelos Melo, referente a um roedor em nosso produto Nissin
Lámen Sabor Carne.
Cabe informar que nosso procedimento de atendimento ao
consumidor, após reclamação formulada em nossos canais de atendimento, é de 24
a 48 horas. O atendimento refere-se a retirada da amostra para posterior
análise e ressarcimento do produto reclamado. Assim, a visita à residência da
consumidora foi realizada em 29/10/2013, mas a consumidora optou por não nos
disponibilizar a amostra.
Salientamos que exercemos um rigoroso controle de qualidade
em todas as etapas de fabricação dos nossos produtos. Informamos também, que em
nossas Fábricas aplicamos as normas de Boas Práticas de Fabricação,
recomendadas pela Vigilância Sanitária e ainda possuímos equipamentos de alto
padrão que visam garantir a higiene e segurança do nosso produto.”

Informações: Mundo Marketing
Itambeagora@gmail.com

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade