Início Noticias Itambé: Professores municipais em greve por tempo indeterminado

Itambé: Professores municipais em greve por tempo indeterminado

Por Reginaldo Spínola
11 Comentários
Após realização de assembleia no dia 09 deste mês foi aprovada
pela maioria dos filiados da APLB, greve por tempo indeterminado a partir de
hoje (15). De acordo com a justificativa da categoria, a greve se deve por
conta das dificuldades que os profissionais vêm passando, recebendo os salários
sempre atrasados. Também a categoria reivindica pendências retroativas ao ano de
2013, os reajustes que o plano de carreira garante para 2014 e outros
benefícios.
De acordo com a Vereadora Alecciene, a categoria estará
realizando manifestação na Praça Osório Ferraz nesta manhã.
Franquiada a palavra ao Secretário de Educação.
Itambeagora@gmail.com
11 Comentários
0

11 Comentários

Anônimo 29 de abril de 2014 - 01:15

O plano de carreira do magistério em Itambé é impraticável. E prejudica as outras categorias de servidores públicos, porque suga cada vez mais os recursos do Município. O FUNDEB não cobre toda a despesa do magistério, e a Administração tem que tirar cada vez mais de seus recursos próprios para cobrir a demanda dos professores… E os outros? Só professor tem direitos?

Anônimo 23 de abril de 2014 - 16:20

O principal motivo desta greve é pura politicagem de alecciene e Lucas e a maioria dos desesperados que se desgarraram das tetas e de alguns que queriam que o prefeito Ivan fosse um corrupto desde o primeiro dia em que ele assumiu o posto de Prefeito. gente que queria riqueza ilícita.

Anônimo 22 de abril de 2014 - 18:08

Analisando a imagem acima percebo que a maioria não estava na outra greve quando a categoria lutava por este plano de carreira,parece mesmo que o problema não é salário é política.Sera que se fosse outro governo essa mesma maioria estaria lutando com tanto fervor?Meu filho precisa estudar está em casa assistindo dvd.Uma greve que so funciona um turno o outro vão fazer compras em Conquista.

Anônimo 17 de abril de 2014 - 20:20

sou pai e estou preoucupado com isso tudo, os professores param e a vida escolar de meu filho fica como, nao sei sobre esse ideb ai, mas se for como tao falano, eles precisam ver tambem pa aumentar.

professor raimundo 17 de abril de 2014 - 20:19

e o ideb ooooo…. kkkkkkkkkkkkkk vamos aumentar o ideb, que tal.

Anônimo 16 de abril de 2014 - 11:50

Será que eles observaram o índice do IDEB, Eu teria vergonha de ir paras rua pedindo reajuste sendo péssimos profissionais.

Anônimo 16 de abril de 2014 - 00:42

Mesmo recebendo os melhores salários da região, os professores de Itambé não se preocupam com o IDEB medíocre que não chega a 3. Que imoralidade…

Anônimo 15 de abril de 2014 - 17:33

UI… Essa não sabe nem escrever. Assassina da Língua portuguesa!

Anônimo 16 de abril de 2014 - 00:09

Vc não parou para pensar que ela talvez não queira para o filho o que ela teve?

Anônimo 15 de abril de 2014 - 13:57

esses profesoris já ganha bem i que ganha mais serra que eles não persa nós alunos não os nossos filho que ficar no prejuizo .

Anônimo 16 de abril de 2014 - 00:15

Sou mãe e também estou preocupada como ficara tudo isso conheço os direitos dos meus filhos e o Ministério Publico estar ai bata ser feita as reclamações, e direito da criança ter 200 dias letivos com ensino de qualidade. A diretoria do sindicato deveria também começar a prestar atenção nesses fatores, pois o ensino por parte de muitos deixa a desejar. Mas não concordo dizer que o salario já estar bom, para quem trabalha direito é quase nada.

Comentários estão fechados.

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade