Início Noticias Encruzilhada: Movimentos denunciam desmatamento para plantação de eucaliptos

Encruzilhada: Movimentos denunciam desmatamento para plantação de eucaliptos

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário
Os Movimentos Sociais, compostos por, MST, MPA, CETA, MTD,
CAQ-TVC, ocuparam na madrugada desse último sábado, dia 17, a fazenda
localizada próxima às nascentes do Rio Água Preta, no município de
Encruzilhada, pertencente a Kalé Resende e seus filhos, e que vem realizando
indiscriminadamente desmatamento da vegetação, da mata-de-cipó, para o plantio
de eucalipto numa área declarada de 400 hectares.
Os Movimentos denunciam os crimes ambientais, e os impactos
sociais negativos produzidos por essa monocultura, que já ocupa mais de 20% de
todo o território do Município de Encruzilhada.

Em ato público e pacífico realizado na manhã do sábado, os
Movimentos distribuíram 02 mil panfletos alertando a população para o risco de
extinção das nascentes do Rio Água Preta. Em decorrência da invasão dessa
monocultura, que já ocupa mais de 80 mil hectares plantados na região sudoeste
do estado, as águas e solos vêm sendo envenenadas com glifosato e Sulfluramida,
que são altamente tóxicos e cancerígenos.
Como alternativa a este modelo danoso de desenvolvimento, os
movimentos defendem uma agropecuária sem o uso de recursos químicos, pautadas
nos princípios da agroecologia, que preservam o meio ambiente e produzem
alimentos livres de venenos e agrotóxicos.
Políticosuldabahia

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário
0

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade