Início Noticias Só faltava essa: Deputado quer a legalização da maconha e anistia para os traficantes

Só faltava essa: Deputado quer a legalização da maconha e anistia para os traficantes

Por Reginaldo Spínola
5 Comentários
O projeto de Lei 7270/2014, protocolado pelo deputado
federal e ex-BBB Jean Wyllys (PSOL)na Câmara dos Deputados, vai dar muito o que
falar. Além de propor a tão polêmica legalização da maconha, Wyllys vai além, e
propõe ainda a anistia para os traficantes de drogas, o que ele define como
“mudanças radicais na política de drogas do Brasil”.

“Em primeiro lugar, proponho uma anistia geral para todas as
pessoas presas, processadas ou indiciadas por tráfico de maconha. Isso não
inclui aqueles que tenham praticado outros crimes (por exemplo, quem tiver
matado), e nem os policiais e outros agentes públicos envolvidos no tráfico.
Por isso, estamos propondo que, depois da sanção da lei e por um determinado
prazo, outra anistia seja oferecida àqueles que praticam o comércio ilegal da
maconha e de outras drogas e não foram ainda indiciados ou condenados por isso,
mas querem se inserir na legalidade. Isso quer dizer que o dono de uma ‘boca’
poderá se registrar como comerciante legal de maconha, cumprindo todos os requisitos
da lei, abandonando as armas e a violência, assim como o comércio das outras
drogas ainda ilícitas, e pagando impostos. E viramos a página”, declarou o
deputado Jean Wyllys em artigo publicado no site Uol.
Itambeagora@gmail.com
5 Comentários
0

5 Comentários

Andrei 2 de maio de 2014 - 17:58

QUANDO a lei for mudada e não for mais CRIME portar maconha (ou o lixo paraguaio), as pessoas que foram presas por vender maconha seriam anistiadas. Nessa conta não entra quem portava armamento sem registro, quem cometeu violência, roubo, furto, assalto, etc. esses não serão anistiados, pois cometeram outras condutas que eram e ainda serão CRIMES. Na constituição está previsto que quando ocorre uma mudança na lei, a lei deve retroceder nos casos em que for beneficiar o réu, no caso, o jovem que foi pego com 15 parangas ou o usuário que é confundido com traficante por preconceitos diversos, esses seriam anistiados.

Anônimo 2 de maio de 2014 - 12:19

o deputado ta certo ta mais do que na hora de acabar com essa guerra entre traficantes e a policia e essa é a unica maneira de acabar com o derramamento de sangue

Anônimo 2 de maio de 2014 - 00:10

tem até logica se fosse legalizado o traficante nao queria.agora é uma piada isso viu o cara na feira c uma barraca gritando olha a maconha kkk ano politico o povo apela.

Anônimo 2 de maio de 2014 - 00:03

VAGABUNDO, SAFADO, BICHO DA CARA DE PAU, FRANGO DA ORELHA LASCADA, VÁ ANISTIAR A RAPARIGA DA SUA MÃE SEU SUBVERSIVO, SEU DOENTE DE SÍNDROME DE ESTOCOLMO, PORQUE QUE VOCES DO CONGRESSO NÃO LEGALIZA O ROUBO SEU PESOLISTA DO CABRUNCO. NÓS VAMOS FAZER UMA CAMPANHA PARA ARRECADARMOS GASOLINA PARA TOCAR FOGO NO CONGRESSO NACIONAL, SEUS MELIANTES DISFARÇADOS DE HOMENS SÉRIOS, SEU COLABORADOR DE Putos Traidores DO INFERNO, MISERÁVEIS DA PESTE. REGINALDO POSTE ESSE COMENTÁRIO.

Anônimo 1 de maio de 2014 - 22:54

esse deputado deve ser um maconheiro. a droga destroi vidas, tanto de quem usa, como daqueles que sao obrigados a conviver com usuarios. grande parte da violencia é em razao da droga. pela droga, se rouba, se mata…muitos jovens perdendo a vida precocemente. quando o sujeito passa a ser um viciado, a primeira coisa que faz é parar de trabalhar. dai vem o roubo e muito mais. do jeito que o deputado fala, é muito simples. na pratica, a coisa é bem diferente. poderia ser aqui no brasil, igual é na indonesia. trafico lá, tem pena de morte. em tres dias o sujeito é julgado, condenado e executado.

Comentários estão fechados.

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade