Início Noticias MG: Criança de 4 anos sobrevive em acidente e passa dez horas presa em cadeira

MG: Criança de 4 anos sobrevive em acidente e passa dez horas presa em cadeira

Por Reginaldo Spínola
0 Comentário
“É um guerreiro esse menino”, disse a pediatra Kátia Maria
Custódio sobre a criança de quatro anos que sobreviveu a um acidente de carro
na MG-050, no limite dos municípios de Córrego Fundo e Formiga. Segundo a
Polícia Militar Rodoviária (PMR) ele pode ter ficado aproximadamente dez horas
preso na cadeira de segurança após o fato, registrado no fim de semana. Já a
mãe de 37 anos não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O acidente só foi registrado às 7h desta segunda-feira (14),
contudo deve ter ocorrido por volta das 17h ou 18h de domingo (13), segundo
informações do pai da criança. “O pai contou que a mulher e a criança
havia saído de casa por volta das 17h, por isso a suspeita que tenha ocorrido
nesse horário”, disse o soldado da PMR.

A pediatra Kátia Maria afirma que é quase um milagre uma
criança com essa idade ter tido resistência para superar o ocorrido. “Em
primeiro lugar essa criança sobreviveu a um trauma, isso por si só já demonstra
que ele é um guerreiro. Essa situação faz com que o corpo libere vários
hormônios do estresse como a catecolamina, que é maléfico para organismo que
tem que trabalhar em ritmo mais acelerado, o que provoca um gasto energético
muito alto. Esse tempo também provoca desidratação. A falta de glicose no
sangue também é grave. Certamente é quase um milagre sobreviver a esta
situação, exposição ao frio, sozinho e com todos esses hormônios trabalhando
aceleradamente”, explicou.
A criança foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada
para o Pronto Socorro de Formiga, onde foi atendida e ficou em observação por
cerca de 10h. O menino foi liberado no início da noite desta segunda-feira
(14). Segundo a unidade ele teve apenas um corte na cabeça e não teve fraturas.
“Com certeza ele precisará de acompanhamento médico nos próximos dias,
pois as sequelas só poderão aparecer com o tempo”, disse a pediatra.
Segundo o atendente da funerário, que foi ao local para
retirar o corpo da mulher, a criança chorava e pedia para ser retirada de
dentro do carro. “A criança estava em estado de choque, completamente
abalada com a situação, estava vestida com um moletom, mas deve ter passado
frio, pois a região é muito gelada”, disse.
O Corpo de Bombeiros informou que a criança pode ter
enfrentado temperaturas de 7º C. A perícia foi acionada para verificar as
causas do acidente, mas até o momento não há suspeitas sobre o que pode ter
provado a queda do carro no abismo.
Fonte: G1

Itambeagora@gmail.com
0 Comentário
0

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade