Início Noticias Ossada humana é encontrada em Confins e pode ser de Eliza Samudio

Ossada humana é encontrada em Confins e pode ser de Eliza Samudio

Por Reginaldo Spínola
Uma ossada humana foi encontrada
na manhã desta terça-feira (29) próximo ao aeroporto de Confins, na região
metropolitana de Belo Horizonte. Trabalhadores atuavam no local, durante as
obras do terminal, e se surpreenderam ao encontrar ossos humanos.
Eles chamaram a Polícia Militar
(PM). Segundo o servente Reinaldo da Sagrada Família, 37, funcionário da
empresa Locavia, do ramo de coleta de lixo que atua nas imediações do
aeroporto, os ossos foram encontrados em um barranco de terra, na antiga
estrada de acesso a Confis, na LMG-800, altura do quilômetro 8. A estrada está
desativada desde o início das obras no terminal. Ainda de acordo com o
servente, ele estava passando pelo barranco de terra para monitorar o nível de
água de uma nascente que passa por baixo da terra e, quando desceu no local,
viu os ossos. “Eu fiquei tremendo de medo do susto que levei. Subi correndo
para chamar meu encarregado”, contou. Os colegas foram verificar e chamaram a
polícia.

Os ossos não estavam enterrados,
e sim, em cima da terra, espalhados, perto de uma árvore pequena, possivelmente
uma Aroeira. Reinaldo acredita que a ossada estava enterrada e que a chuva dos
últimos dias tenha espalhado os restos mortais. No local, há indícios de
incêndio, como carvão pelo chão e vegetação queimada. Ainda de acordo com o
trabalhador, a área foi queimada três vezes no último dia e a última, foi nesse
sábado (26), por uma pessoa que não foi reconhecida pelos funcionários.
Reinaldo disse não ter visto quem foi, porque estava de folga neste dia. Segundo
o soldado Ramon Carlos Cardoso, da 182ª Companhia, do 36° Batalhão da PM, que
faz parte do 4º Petolão de Confins, a ossada encontrada equivale a quase 80% de
um corpo humano. “Parece que a ossada estava lá há bastante tempo”, informou o
militar.
A perícia foi acionada e os
restos mortais foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Belo
Horizonte. A assessoria da Polícia Civil informou que o laudo pericial deve
sair em, no mínimo, 30 dias, e que irá abrir um inquérito para investigar o
caso. 

Na última semana, peritos, advogados e escavadores se reuniram em um
lote, em Vespasiano, para tentar encontrar alguma pista de que o corpo da
ex-namorada do goleiro Bruno Fernandes, Eliza Samudio, tivesse sido enterrado
ali. Foi o primo do goleiro, Jorge Luiz Rosa, que indicou o local, mas após
horas de escavação e um buraco aberto por uma retroescavadeira de cerca de
quatro metros de profundidade, nada foi encontrado.

Voz da Bahia

Itambeagora@gmail.com

mais Postagens interessantes

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site. Ao clicar em "aceitar" assumiremos que você concorda com o uso que fazemos dos cookies. Concordo Clique AQUI e tenha mais informações

Política de Privacidade